NBA Portugal
<div align="center">
<span style="font-size: 16px;">Caro membro, <br /><br />Se quiser contribuir e ajudar o fórum, pode aqui faz um pequeno donativo para renovação do dominio do Fórum.<br /> Todas as suas doações garantirão a continuidade e a fidelidade deste fórum. <br /><br />O Administrador</span>
</div>

<p>
<div align="center">
FAZER DOAÇÃO<br><a href="html_images.asp" http://nba-portugal.forum-livre.com/buy-credits>CLIQUE AQUI</a>

Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  RFVZ em Dom 24 Maio 2015 - 18:07

Há algum tempo que esta realidade da NBA me interessa e tomei a iniciativa de criar este tópico para discussão no fórum quer pela actualidade do tema, quer pela sugestão de um nosso membro (Groove). Aliás posso dizer que enviei esta sugestão aos membros do triplo-duplo para a discutirem, mas não obteve correspondência até à data.

O tema em discussão é uma realidade crescente nos últimos anos na NBA e tem tido influência no aspecto competitivo da Liga.
Refiro-me especificamente à crescente influência/interferência das estruturas directivas (GMs e/ou proprietários) no comando técnico da equipa independentemente dos resultados desportivos.

O despedimento de Monty Williams em New Orleans foi só o último de muitos exemplos. A Williams não bastou melhorar os resultados em cada ano, nem “conquistar”o balneário e ter excelente relação com a estrela da franquia, nem aguentar a equipa apesar das lesões, nem atingir os playoffs na super-competitiva Conferência Oeste. O despedimento foi uma realidade e o estilo de jogo e a orientação desportiva lá estiveram como justificação por parte da estrutura directiva.
A saída de Scoot Brooks de OKC, embora não tão surpreendente, também não teve em conta o contexto extremamente adverso (especificamente com muitas lesões importantes) da época.
No decorrer deste ano o episódio do despedimento de Malone nos Kings, em que especificamente o GM e o proprietário referiram o estilo de jogo como causa principal, foi provavelmente o exemplo paradigmático desta realidade.
Os anteriores afastamentos dos treinadores George Karl em Denver, Lionel Hollins em Memphis, Mark Jackson em Golden State são exemplos de como muito boas prestações desportivas não são suficientes para a equipa manter a estrutura técnica.

Para além deste aspecto directo verifica-se ainda que alguns dos treinadores escolhidos são jovens e inexperientes na função. Estarão estas escolhas relacionadas com a possibilidade futura de "intervenção indirecta" na função?
Para além da escolha de treinadores jovens, os treinadores mais experientes e conceituados começam a “exigir” diversos poderes (nomeadamente associar o cargo de GM ao de treinador) para tomarem conta das equipas. Será uma forma de se defenderem dessas interferências e garantirem a sua estabilidade?

Como já comentei anteriormente, a NBA parece estar a ser levada pelo "tráfico de influências". Muitas vezes há que mudar em nome de novos projectos/planos (para mim chamo-lhe interesses) onde o critério desportivo deve contar muito pouco.
Para  quem acompanha a NBA há vários anos este comportamento não deixa de ser relevante, pois com raras excepções a estabilidade, nomeadamente técnica, era uma das imagens da Liga, especificamente das equipas de sucesso.

Sabendo-se que uma estrutura directiva/acionista tem sempre legitimidade para definir ou alterar o rumo de uma equipa quando desejar, até que ponto esta atitude mais intervencionista dependente de aspectos que não estão só relacionados com o desportivo não altera o paradigma competitivo da NBA. Será que uma relativa desvalorização do papel do treinador é futuramente vantajosa ou desvantajosa?
Pode ser uma evolução dos tempos ou ser uma situação conjuntural, mas como os exemplos se vão sucedendo resolvi solicitar a vossa opinião sobre o assunto, pois na minha opinião o "cortejo" de despedimentos não vai parar por aqui, antes vai engrossar, para gáudio das supostas mentes brilhantes responsáveis pelos ditos projectos.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  mercgold3 em Dom 24 Maio 2015 - 19:22

Para responder À tua pergunta, sim os resultados contam.

Agora resta saber se existe um aproveitamento dos resultados para despedir alguém, ou seja um treinador com uma equipa que esteja projectada para ter 30 vitórias e acaba com 50 vitórias e vai aos playoffs, fica muito dificil "abater" um treinador que não esteja nas boas graças dos respónsaveis.
Mas se esse mesmo treinador conseguir 40 vitórias, não vai aos playoffs, sim, mas vai além das expectativas, é mais provável que seja despedido se não estiver nas tais boas graças dos respónsvais.

Boas graça = Pode significar que não gostam do o estilo de jogo da equipa apesar dos bons resultados, o relacionamento que esse treinador tem com os jogadores / FO, o melhoramento dos atletas também conta etc etc.

Conta muita coisa, e muitas coisas uma pessoa não sabe é verdade.

Eu pessoalmente detesto o treinador que é também presidente / GM.
Exepto alguns casos em que tu ganhas o direito para isso, Popovich é o exemplo perfeito disso.

Porquê que não gosto ?
Porque dá-te um poder sobre ti mesmo que não é bom. Nunca é bom quando és tu que fazes a avaliação do teu próprio trabalho, especialmente num cargo como treinador.

avatar
mercgold3
Estrela da Equipa
Estrela da Equipa

Mensagens : 732
Data de inscrição : 01/10/2014
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  Vince Carter em Dom 24 Maio 2015 - 20:24

Existem vários motivos sendo um deles, e o principal, o facto dos treinadores serem o elo mais fraco. Quando uma temporada é manchada por maus resultados é muito mais fácil meter as culpas no treinador e, se me permitem, pô-lo a andar, do que dar um sermão aos jogadores, pois na volta ainda são eles que se vão embora. Razz
Outra razão é mesmo a pura estupidez e falta de 'knowledge' dos GM's das franquias em relação ao jogo em si. Atualmente vemos despedimentos de treinadores só porque o senhor X ou Y deseja um estilo de jogo mais "apelativo". Na maior parte das vezes, e é curioso que assim seja, estes treinadores chegam até mesmo a receber o prémio de COY (como George Karl, por exemplo), a  fazer uma boa sequência de jogos (treinador dos Kings) ou até mesmo a fazer boas épocas com recursos limitados (caso dos OKC e Pelicans).

Este tópico podia explorar muitas outras temáticas da liga - o peso dos jogadores no tomar de decisão por parte dos responsáveis, a impaciência dos GM's, ou o facto destes serem mais adeptos do que GM's, como referi noutro tópico, e afins. Existe atualmente na NBA uma mentalidade que merece ser alterada. São poucos os treinadores que ficam anos e anos na mesma equipa. Os poucos exemplos que se arranjam é o de Pop, Carlisle e Vogel.

___________________________________________
avatar
Vince Carter
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2246
Data de inscrição : 24/01/2013
Localização : ♕ MS ♕

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  RFVZ em Dom 24 Maio 2015 - 23:52

@Vince Carter escreveu:
Este tópico podia explorar muitas outras temáticas da liga - o peso dos jogadores no tomar de decisão por parte dos responsáveis, a impaciência dos GM's, ou o facto destes serem mais adeptos do que GM's, como referi noutro tópico, e afins.

E podemos obviamente explorar esses temas no nosso debate, pois quando se pergunta quais os motivos para despedir um treinador não está só em causa o rendimento do treinador, mas também outras  questões paralelas como as que enumeraste.

O que mais me surpreende neste tema é a instabilidade e impaciência que se instalou no comando técnico de muitas franquias da NBA. Claro que os resultados são importantes, mas o que está em causa é que muitas vezes não se dá tempo para esses resultados aparecerem e as justificações para a mudança são cada vez mais "sui generis" e deixam no ar a ideia de outras influências.
Quando digo que esta realidade não era característica NBA é porque me recordo da estabilidade que levou ao sucesso de tantas equipas e da instabilidade inerente às piores equipas.
Quantos anos não precisou Chuck Daly para levar os Pistons aos títulos? Quantos anos não esteve Rudy Tomjanovich nos Houston Rockets de sucesso? Os Lakers e os Celtics não eram a imagem da estabilidade dos seus treinadores? Curiosamente quando os Celtics entraram (após os anos 80) numa rotação de treinadores tiveram os piores resultados da história da franquia, e só voltaram aos títulos quando tiveram a estabilidade de Doc Rivers. Mesmo equipas que não ganharam títulos da NBA, mas eram equipas fortes e muito competitivas tinham, na grande maioria, estabilidade técnica. Lembro-me dos Jazz de Sloan, dos Bucks de Don Nelson, dos Blazers de Ramsay (que ganhou um título) e de Adelman, dos Sonics de George Karl e de tantos outros casos.
Contrariamente os Clippers e Nets dos anos 80/90, os Bullets (actuais Wizards), os Kings (excepto o período de estabilidade com Adelman) que mudavam de treinador anualmente ou de 2 em 2 anos andaram quase sempre pelos últimos lugares.

Não estou aqui a fazer a apologia de que um treinador deve ficar "sempre" numa equipa, pois há sempre situações de fraco rendimento e de incompatibilidades. O que questiono é não se permitir que um trabalho organizado e estruturado não tenha o tempo necessário para dar frutos e mesmo quando dá seja posto em causa por factores no mínimo questionáveis.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  Farripas em Seg 25 Maio 2015 - 8:00

Isto não é um "problema" só de agora. Provavelmente acontecerá mais, teria que pesquisar, mas o que aconteceu por exemplo com Mark Jackson/Steve Kerr nos Warriors, aconteceu com Doug Collins/Phil Jackson nos Bulls. E a verdade é que os Bulls eram bons com Collins, mas depois com Jackson, que era um desconhecido como treinador na altura, as coisas dispararam. E não só com Phil Jackson. O próprio adjunto, Tex Winter que é o mestre da Triangle Offense, era um desconhecido ou pelo menos alguém sem provas dadas no mundo da NBA, embora tivesse treinado os Rockets 2 anos e ser um treinador nas universidades com algum sucesso.

___________________________________________
"With the third pick in the 1984 NBA Draft, the Chicago Bulls pick Michael Jordan from the University of Noth Carolina"
"In all those videos, you never just saw me, you saw...Scottie Pippen. Every championship i won." Michael Jordan's Hall of Fame speech
"With the first pick in the 2008 NBA Draft, the Chicago Bulls select Derrick Rose from the University of Memphis"
"Do your job" - Tom Thibodeau
avatar
Farripas
Vencedor de 5 Aneis
Vencedor de 5 Aneis

Masculino Mensagens : 1479
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  RFVZ em Seg 25 Maio 2015 - 11:09

@Farripas escreveu:Isto não é um "problema" só de agora. Provavelmente acontecerá mais, teria que pesquisar, mas o que aconteceu por exemplo com Mark Jackson/Steve Kerr nos Warriors, aconteceu com Doug Collins/Phil Jackson nos Bulls. E a verdade é que os Bulls eram bons com Collins, mas depois com Jackson, que era um desconhecido como treinador na altura, as coisas dispararam. E não só com Phil Jackson. O próprio adjunto, Tex Winter que é o mestre da Triangle Offense, era um desconhecido ou pelo menos alguém sem provas dadas no mundo da NBA, embora tivesse treinado os Rockets 2 anos e ser um treinador nas universidades com algum sucesso.

É verdade que o problema não é de agora, mas existem cada vez mais situações difíceis de explicar e com motivos pouco convincentes.
Na minha opinião as situações de Mark Jackson/Steve Kerr e Doug Collins/Phil Jackson não são comparáveis. Mark Jackson tinha obtido resultados e tinha o apio dos jogadores, nomedamente da estrela da equipa (Curry) que se manifestou publicamente a favor da sua continuidade e expressou surpresa pelo seu afastamento. Em relação a Collins ele tinha obtido bons resultados, especialmente nos playoffs, mas algumas "queixas" de MJ sobre o estilo de jogo da equipa, com demasiada sobrecarga sobre si, foram quase "assassinas" para Collins.
Phil Jackson não tinha experiência como treinador principal, mas tinha alguma "fama" como adjunto e estava no agenda de diversas equipas. Em relação a Tex Winter tinha muito pouca experiência como treinador da NBA, mas tinha curriculum como treinador universitário, especialmente no aspecto ofensivo (com o triangle offense como disseste), e por esse facto foi contratado pelos Bulls.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  Farripas em Seg 25 Maio 2015 - 11:14

@RFVZ escreveu:
@Farripas escreveu:Isto não é um "problema" só de agora. Provavelmente acontecerá mais, teria que pesquisar, mas o que aconteceu por exemplo com Mark Jackson/Steve Kerr nos Warriors, aconteceu com Doug Collins/Phil Jackson nos Bulls. E a verdade é que os Bulls eram bons com Collins, mas depois com Jackson, que era um desconhecido como treinador na altura, as coisas dispararam. E não só com Phil Jackson. O próprio adjunto, Tex Winter que é o mestre da Triangle Offense, era um desconhecido ou pelo menos alguém sem provas dadas no mundo da NBA, embora tivesse treinado os Rockets 2 anos e ser um treinador nas universidades com algum sucesso.

É verdade que o problema não é de agora, mas existem cada vez mais situações difíceis de explicar e com motivos pouco convincentes.
Na minha opinião as situações de Mark Jackson/Steve Kerr e Doug Collins/Phil Jackson não são comparáveis. Mark Jackson tinha obtido resultados e tinha o apio dos jogadores, nomedamente da estrela da equipa (Curry) que se manifestou publicamente a favor da sua continuidade e expressou surpresa pelo seu afastamento. Em relação a Collins ele tinha obtido bons resultados, especialmente nos playoffs, mas algumas "queixas" de MJ sobre o estilo de jogo da equipa, com demasiada sobrecarga sobre si, foram quase "assassinas" para Collins.
Phil Jackson não tinha experiência como treinador principal, mas tinha alguma "fama" como adjunto e estava no agenda de diversas equipas. Em relação a Tex Winter tinha muito pouca experiência como treinador da NBA, mas tinha curriculum como treinador universitário, especialmente no aspecto ofensivo (com o triangle offense como disseste), e por esse facto foi contratado pelos Bulls.

Neste aspecto concordo contigo, mas ao contrário do que dizes acima, eu achei surpreendente. Se calhar, estava demasiado às escuras sobre OKC, mas tenho a ideia que o Westbrook e o Durant tinham uma boa relação com o Brooks. E como referes, dada a adversidade, não consigo compreender.

___________________________________________
"With the third pick in the 1984 NBA Draft, the Chicago Bulls pick Michael Jordan from the University of Noth Carolina"
"In all those videos, you never just saw me, you saw...Scottie Pippen. Every championship i won." Michael Jordan's Hall of Fame speech
"With the first pick in the 2008 NBA Draft, the Chicago Bulls select Derrick Rose from the University of Memphis"
"Do your job" - Tom Thibodeau
avatar
Farripas
Vencedor de 5 Aneis
Vencedor de 5 Aneis

Masculino Mensagens : 1479
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  Groove em Seg 25 Maio 2015 - 13:00

O que se passa hoje na NBA advém do que vemos na nossa própria sociedade. Ou seja, resultados rápidos se possível com o mínimo esforço.

O problema acontece principalmente por um motivo. No futebol é possível obter resultados em 1 ou 2 anos após a troca de treinador. Porque? Porque o novo treinador vai fazer pedidos á direcção e exigir 5 ou 6 jogadores que farão parte da sua estratégia. Para isso o clube vai trocar ou vender outros jogadores até o treinador ter sobre o seu domínio os atletas pretendidos.

Na NBA isso não acontece. Aqui as franquias crescem mediante a evolução dos seus atletas que são recrutados no draft e vão evoluindo com o passar dos anos.

O problema, é que os GM’s hoje tem a mentalidade do “fast” e esquecem-se que na NBA as coisas funcionam a médio longo prazo e o tal “fast” não existe tirando casos muito raros.

1- Vamos ver na pratica, hoje é contratado um treinador para uma franquia que vai entrar em reconstrução e que tem a 1º pick. Em princípio esse treinador deveria ter voto na escolha do jogador dessa pick, mas isso nem sempre acontece. O GM contrata quem na sua óptica é o melhor do draft ou para a franquia. O jogador escolhido não rende o que se pretendia e passado dois anos o treinador é demitido.
O treinador paga pelo erro do GM isso é inadmissível.

2- Vamos agora supor que o jogador em causa tem uma boa evolução, mas o GM não se reforço convenientemente. 2 ou 3 anos depois o treinador é demitido por não apresentar resultados. Uma vez mais a incompetência do GM acaba com a demissão do treinador.

3- Agora imaginemos que 3 anos após o draft em causa a franquia chega ao playoff, está a demonstrar ser possível dentro de 1 ou 2 anos poder entrar na luta pelas finais, mas o GM uma vez mais intromete-se onde não devia e chega a conclusão que o estilo de jogo não é o ideal pois sendo este mais atractivo atrairia mais adeptos logo maior receita. Despede o treinador.

Em todos os 3 exemplos o GM é responsável e pessoalmente acredito que a grande maioria dos casos acontece desta forma, ou seja sem interacção do treinador (este não é ouvido e consequentemente não tem voto na matéria). Acho que isto só não acontece em casos de treinadores de renome, onde estes deixam claro antes de assinarem que querem ter voto na aquisição deste ou daquele jogador.

Acho que todos concordamos que tudo o que acontece hoje neste despedimento inexplicável de treinadores é da responsabilidade dos GM’s. Assim sendo o que a NBA tem de mudar é a mentalidade dos GM’s, o que é difícil na sociedade “fast food” em que vivemos hoje.

Nem todos os treinadores são competentes, nem todos são fortes a obter resultados com estrelas. Uns são melhores no trabalho colectivo, outros destacam valores individuais, outros nasceram para gerir equipas repletas de estrela, outros bons na construção de equipas, no ataque a defender, enfim uma serie de situações.

A única coisa que o GM devia fazer era contratar um treinador para o tipo de roster que tem no momento, ou que pretende no futuro. Mas depois deve esperar 4 anos (pelo menos) para ver resultados.

Antigamente existia essa calma, tanto que Sloan esteve uma carreira inteira nos Jazz, P-Jax esteve vários anos nos Bulls, Pop ainda comanda os Spurs depois de 20 anos (ou perto disso no comando da franquia). Foi assim que diversas equipas conquistaram muitos anéis. Pois tinham estabilidade técnica e directiva, coisa que falta hoje.

Todo o problema hoje encontra-se na chefia (donos, GM’s etc), cuja falta de paciência causa instabilidade e consequentemente perda de resultados. O caso dos NHP é um exemplo, em como a falta de qualidade dos quadros derigentes acabam no despedimento do treinador. A fraquia esta em reconstrução, iniciou a temporada a bom nível mas sucessivas lesões obrigaram a quebra de forma da franquia e perda de resultados. A falta de analise do GM em o porque dos resultados talvez abaixo dos previstos culminou em despedimento do treinador.

Outro maus exemplo neste campo e sobre o qual falo muitas vezes, é o de G. karl, depois dos Denver chegarem ao playoff dando imenso trabalho na temporada regular a franquias supostamente mais fortes e deste ganhar o COY é demitido. Curioso, que os Denver desde então caíram abruptamente de rendimento…coincidências? Não creio.

O mais inexplicável é o caso dos Kings nesta temporada. A franquia iniciou a temporada muito bem, mas subitamente o treinador é demitido. Razão: os donos querem um jogo mais atractivo. Eu chamo a isto burrice.

Matt Jackson/Kerr, não que Kerr seja melhor treinador, mas beneficiou da qualidade do roster que herdou e já tinha mostrado alguns resultados, além deste ter mais um ano de evolução e experiencia. Acho que se Jackson se tivesse mantido os GSW estariam exactamente onde estão hoje.

Um exemplo contrario aos GSW são os Cavs. Tinham um treinador que soube como tirar partido dos jovens atletas que compunham o roster. Era espectável que dentro de 2 anos estivessem fortes e no playoff…o GM insatisfeito demite o treinador e contrata Mike…no ano seguinte os Cavs tem uma das piores temporadas da sua história com imensos problemas internos, curiosamente entre os jovens jogadores.

Casos como NHP ou OKC, neste ano, devem ter especial atenção dos GM’s. Pois os resultados foram maus, mas não pela incompetência dos treinadores, mas sim por lesões que condicionaram o rendimento da equipa ao longo de toda a temporada.

Conclusão, o problema entrou e está para ficar. As mudanças na sociedade começam agora a chegar à NBA. Nós já conhecemos isto no futebol, só que a diferença é que na NBA não é possível (salvo casos excepcionais) de obter resultados rápidos apenas pela mudança de treinador. Por norma ou os resultados se mantém ou caiem, raramente melhoram.

Nota: Não mencionei quando estas demissões ocorrem por pressão dos jogadores especialmente quando a sua estrela principal força a demissão. Não me posso esquecer quando D12 forçou a demissão de Van Gudy nos Magic (a qual foi ouvida e concretizada pelo GM), mas que nem deveria ter sido ponderada, já que D12 queria deixar a cidade, o que acabou por acontecer no final dessa mesma temporada.

___________________________________________
"When ignorant folks want to advertise their ignorance, you don't really have to do anything. You just let them talk. That's what happened here." Barack Obama
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  RFVZ em Seg 25 Maio 2015 - 23:49

Outra diferença é que actualmente existem muito mais agentes/empresários com diversos "coaches" para colocar!
Alguns GMs até pertenceram aos seus staffs ou trabalharam em pareceria com eles.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  Vince Carter em Ter 26 Maio 2015 - 11:53

Gostava de realçar um ponto positivo que vi sobre o assunto esta época regular. Os Cavaliers antes de terem explodido no recorde também estavam em vias de despedir Blatt, mas tal acabou por não acontecer (mesmo com algumas bocas de Lebron) e até agora as coisam têm dado certo. Obviamente que Blatt fez algumas decisões aqui e ali que não foram boas, a nível de gestão de equipa, mas penso que seja um bom treinador e fico feliz pela sua continuidade. O resultado está à vista e não é só mérito para Lebron.

___________________________________________
avatar
Vince Carter
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2246
Data de inscrição : 24/01/2013
Localização : ♕ MS ♕

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  RFVZ em Ter 26 Maio 2015 - 12:29

@Vince Carter escreveu:Gostava de realçar um ponto positivo que vi sobre o assunto esta época regular. Os Cavaliers antes de terem explodido no recorde também estavam em vias de despedir Blatt, mas tal acabou por não acontecer (mesmo com algumas bocas de Lebron) e até agora as coisam têm dado certo. Obviamente que Blatt fez algumas decisões aqui e ali que não foram boas, a nível de gestão de equipa, mas penso que seja um bom treinador e fico feliz pela sua continuidade. O resultado está à vista e não é só mérito para Lebron.

Essa situação é realmente relevante e deve-se a uma atitude diferente de Dan Gilbert e David Griffin, que mantiveram a coerência na sua aposta apesar de algumas indirectas da estrela da equipa.
E os resultados estão à vista. Nos últimos 40 anos, para além de Blatt e Kerr só Phil Jackson, Mike Dunleavy, Paul Westphal, Larry Bird e Tom Thibodeau atingiram as finais de conferência no seu ano rookie.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  Groove em Qua 27 Maio 2015 - 10:50

@RFVZ escreveu:
E os resultados estão à vista. Nos últimos 40 anos, para além de Blatt e Kerr só Phil Jackson, Mike Dunleavy, Paul Westphal, Larry Bird e Tom Thibodeau atingiram as finais de conferência no seu ano rookie.

O próximo vou ser eu…e vai ser nos Sonics Razz Se os meus contactos me mentem e a franquia não volta lá teria de aceitar a proposta dos Kings xD

Fora de brincadeira, o Lebron está demasiado arrogante este ano. Andava tão sossegado em Miami…seria do clima mais tropical?

___________________________________________
"When ignorant folks want to advertise their ignorance, you don't really have to do anything. You just let them talk. That's what happened here." Barack Obama
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  RFVZ em Qua 27 Maio 2015 - 23:58

@Groove escreveu:

O próximo vou ser eu…e vai ser nos Sonics Razz Se os meus contactos me mentem e a franquia não volta lá teria de aceitar a proposta dos Kings

Então és tu que tens o famoso estilo de jogo atractivo que a direcção dos Kings procura!!!Laughing
Conta lá à malta como é esse estilo.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  mercgold3 em Qui 28 Maio 2015 - 14:18

Talvez não seja o tópico certo mas vou postar aqui na mesma.
Ontem saiu um noticia que nos próximos dias vai ser despedido um treinador, mas que esse despedimento vai ser uma supresa total.
Ou seja, não estamos a falar da mais que prevista saida do Thibs.

Fica o tweet:
Chris Sheridan
An NBA big shot who I know and trust just told me a coach is getting fired in next couple days, and nobody sees it coming.

Apostas ?

McHale ? Doc ? Joerger ? Carlisle ? Razz Razz Razz

Flip, está atento. Very Happy
avatar
mercgold3
Estrela da Equipa
Estrela da Equipa

Mensagens : 732
Data de inscrição : 01/10/2014
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  RFVZ em Qui 28 Maio 2015 - 15:09

@mercgold3 escreveu:
Ontem saiu um noticia que nos próximos dias vai ser despedido um treinador, mas que esse despedimento vai ser uma supresa total.
Ou seja, não estamos a falar da mais que prevista saida do Thibs.
Fica o tweet:
Chris Sheridan
An NBA big shot who I know and trust just told me a coach is getting fired in next couple days, and nobody sees it coming.

Apostas ?

McHale ? Doc ? Joerger ? Carlisle ? Razz Razz Razz

Dessa lista, pela personalidade dos donos e pela desilusão apostava em Doc e Carlisle.

Mas juntava a essa lista Terry Stotts e Dwayne Casey, apesar de Casey só ser uma surpresa se tivermos em conta as declarações recentes dos responsáveis dos Raptors.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  mercgold3 em Qui 28 Maio 2015 - 15:18

Eu aposto em Joerger ou McHale.

Não seria uma grande supresa Casey fora de Toronto, ele não é muito apreciado por lá.
avatar
mercgold3
Estrela da Equipa
Estrela da Equipa

Mensagens : 732
Data de inscrição : 01/10/2014
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  RFVZ em Qui 28 Maio 2015 - 15:24

@mercgold3 escreveu:Não seria uma grande supresa Casey fora de Toronto, ele não é muito apreciado por lá.

Por esse prisma não é uma surpresa, eu só considero eventual surpresa pelas declarações dos responsáveis dos Raptors.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  Madré em Qui 28 Maio 2015 - 15:44

Também pode ser noutra equipa tipo os Knicks... Equipas que tenham contratado um treinador esta época... Nos wolves como é que está??

Outra inesperada seria por exemplo os Celtics ou Miami. Existem muitas possibilidades hahaha
avatar
Madré
Player Of The Month
Player Of The Month

Masculino Mensagens : 675
Data de inscrição : 02/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  Groove em Qui 28 Maio 2015 - 16:01

@RFVZ escreveu:
@Groove escreveu:

O próximo vou ser eu…e vai ser nos Sonics Razz Se os meus contactos me mentem e a franquia não volta lá teria de aceitar a proposta dos Kings

Então és tu que tens o famoso estilo de jogo atractivo que a direcção dos Kings procura!!!Laughing
Conta lá à malta como é esse estilo.

Quando chegamos às finais logo dizes o que achas do estilo Razz

Eu faço algo diferente…um estilo “Bad boys”…nos dias de hoje aproveitando que por tudo e por nada é falta, imagina uma equipa inteira a “meter ferro” ao roster adversário. Quando estes perdiam a cabeça era técnica e expulsões com fartura. Ganhava os jogos por falta de 5 jogadores no roster adversário Razz

Imagino os Americanos a dizer…”os portugueses são lixados” Very Happy

___________________________________________
"When ignorant folks want to advertise their ignorance, you don't really have to do anything. You just let them talk. That's what happened here." Barack Obama
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  mercgold3 em Qui 28 Maio 2015 - 19:00

@Madré escreveu:Também pode ser noutra equipa tipo os Knicks... Equipas que tenham contratado um treinador esta época... Nos wolves como é que está??

Outra inesperada seria por exemplo os Celtics ou Miami. Existem muitas possibilidades hahaha

Também pode ser uma equipa que quer muito o Thibs.
E ai, alguém será despedido.

Nos Wolves não seria supresa porque até o actual treinador / Presidente já disse que esta situação é temporária.
Até achar "the right coach"

Que deve ser Hoiberg / Jorger / Izzo.

Espero que os Wolves tentem o Thibs.
Towns e Thibs até partilham o mesmo agente.

avatar
mercgold3
Estrela da Equipa
Estrela da Equipa

Mensagens : 732
Data de inscrição : 01/10/2014
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  RFVZ em Sab 30 Maio 2015 - 22:56

Sobre o tema em causa, nomeadamente sobre a pergunta se os resultados contam, fui pesquisar e encontrei um dado curioso.
Nos últimos 5 anos estes foram os treinadores com mais vitórias na regular season da NBA:
Greg Popovich-286
Scott Brooks-266
Eric Spoelstra-261
Tom Thibedeau-255

Para dois integrantes desta lista, que foram recentemente despedidos, nem o número de vitórias conseguido foi suficiente para os manter no lugar.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  RFVZ em Sab 15 Out 2016 - 16:31

Todos os anos, antes do início da regular season, começam as "apostas" sobre qualquer será o primeiro treinador a ser despedido.
Este ano os 5 primeiros da lista, ordenados pela maior probabilidade de despedimento, são os seguintes:

1º- Alvin Gentry (New Orleans)
2º- Fred Hoiberg (Chicago)
3º- Earl Watson (Phoenix)
4º- Kenny Atkinson (Brooklyn)
5º- Brett Brown (Philadelphia)


Sem surpresa, o treinador com menos probabilidade de ser despedido é Gregg Popovich de San Antonio.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Quais os motivos para despedir o treinador? Contam os resultados?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum