NBA Portugal
<div align="center">
<span style="font-size: 16px;">Caro membro, <br /><br />Se quiser contribuir e ajudar o fórum, pode aqui faz um pequeno donativo para renovação do dominio do Fórum.<br /> Todas as suas doações garantirão a continuidade e a fidelidade deste fórum. <br /><br />O Administrador</span>
</div>

<p>
<div align="center">
FAZER DOAÇÃO<br><a href="html_images.asp" http://nba-portugal.forum-livre.com/buy-credits>CLIQUE AQUI</a>

A incrivel estrutura dos Spurs

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Diogojcv em Dom 23 Jun 2013 - 17:57




Ter um Tim Duncan ajuda. Um treinador com a versatilidade, inteligência e o currículo do Gregg Popovich também. Quando se combina estes dois fatores, já existem grandes chances de percorrer o caminho do sucesso. Mas isso não serve como a única explicação sobre o quão vitoriosa e por um período tão duradouro esta equipa tem sido nos últimos 17 anos, desde que o Duncan foi selecionado no Draft de 1997.

Um dos segredos para esta prosperidade está no modelo sustentável de contratações orquestrado justamente pelo Coach Pop e o seu fiel companheiro RC Buford, GM dos Spurs, uma equipa que nunca ficou fora dos playoffs após a chegada do Duncan e, acreditem, só perdeu duas vezes na 1ª ronda dos playoff..

RC Buford, GM

O Buford é um dos responsáveis pelo interminável sucesso dos Spurs. Não que eles não gastem, até porque, para terem mantido o seu BIG 3 ao longo destes anos custou dinheiro, por mais “bonzinhos” e fiéis que sejam. O seu salary cap deste ano, porém, foi apenas o 12º maior da liga, tendo sido de 69,838 milhões nesta época, uma comparação com a folha dos Lakers, a maior deste ano, é de envergonhar a família Buss, que gastou US$ 100,131 milhões numa equipa que levou sweep destes mesmos Spurs.

E como é que os Spurs montaram o seu roster? Quem são estes jogadores baratos que se enquadram no modelo sustentável de gestão? Como é que eles foram buscar estas peças complementares? Vamos lá ver então:

- Cory Joseph: PG com apenas 21 anos e ainda está em desenvolvimento e esse é um dos pontos positivos da equipa, que trabalha muito bem com os seus atletas mais jovens. Joga pouco, mas bem, aproveitando as oportunidades que tem para pontuar e sem cometer turnovers, ajuda a dar descanso ao Parker. Quando chegou á Universidade do Texas não mostrou muitos atributos. Os Longhorns não chegaram sequer a empolgar, sendo que o Joseph foi considerado muito “verde” e nada preparado para jogar na NBA. Mesmo assim, inscreveu-se no Draft e foi premiado com a 29ª escolha pelos Spurs. O seu salário custa pouco mais de 1 milhão.

- Patty Mills: o 3º PG na rotação do Popovich, é o titular da seleção australiana e, quando o Andrew Bogut não joga, é o principal jogador de uma equipa que dá sempre trabalho às outras seleções e é treinado, vejam só, por um assistente técnico do Popovich, o Brett Brown. Então temos este cenário: um atleta que não saiu muito valorizado da universidade de Saint Mary’s, mas que já tinha prestígio internacional. O Mills foi selecionado apenas na 55ª posição do Draft de 2009, dois anos antes de Joseph. Durante o tempo de lockout da NBA, assinou com os Melbourne Tigers, da Australia. Depois, foi para a China, para defender o Xinjiang Flying Tigers. Uma vez que não tinha mais contrato com os Blazers, quando a temporada chinesa acabou, voltou a ficar disponível para a NBA e assinou com os Spurs. Custa também ele pouco, pouco mais de 1 milhão.

- Gary Neal: O SG que não teve a carreira universitária mais expressiva e começou a preencher o seu currículo na Europa, a começar pela Turquia. Em 2008, teve uma passagem bastante discreta pelo Barcelona ao lado de um envelhecido Pepe Sánchez, mas foi nos Benetton Treviso que se encontrou. Em 2010, defendeu o Málaga, novamente em Espanha. Até que, do nada (do ponto de vista de quem nunca tinha sido falado na NBA), assinou um contrato de três anos com os Spurs. Podemos o considerar um jogador de “saldos”, tem um salário de 854 mil e um aproveitamento de 39,8% nos lançamentos de três pontos e a capacidade de poder oferecer um pouco mais em campo quando o Parker e o Ginóbili estão fora. Neste próximo ano vai ser free agent.

- Nando De Colo: SG francês de 25 anos, 1,95 m de altura e um talento natural impressionante, com movimentos fluidos, boa visão de jogo e um lançamento ainda em evolução. Ganhou quase 13 minutos de média durante a regular season, no entanto nos palyoff quase não foi utilizado. De qualquer forma, devido ao que mostrou no primeiro 1º ano na liga, os Spurs já sabem que poderam contar com ele no futuro. Draftado na 53ª posição em 2009, ficou na Europa por mais três anos, progredindo naturalmente, jogando na Liga ACB (a liga mais difícil da Europa). Tem um Salário de 1,4 milhões.

- Danny Green: SG de 25 anos formado na tradicional Universidade de North Carolina, pela qual foi campeão em 2009 como titular. O único jogador da história dos Tar Heels a somar mais de 1.000 pontos, 500 rebounds, 200 assistências, 100 blocks e 100 steals. E é isto mesmo, fazia um pouco de tudo pela equipa, mas nada excecionalmente bem, a ponto de ser questionado: será que se poderia transformar num jogador de NBA? Os analistas das estatísticas juravam que sim. Foi selecionado pelos Cleveland Cavaliers do Lebron James em 2009, na 46ª posição  (percebam que estamos a falar de mais um caso de jogador escolhido na segunda ronda do Draft). Não foi aproveitado pelos Cavs, sendo dispensado em outubro de 2010. Os Spurs contrataram-no em Novembro e dispensaram-no 2 semanas depois. Jogou na D-League até voltar aos Spurs para o que restava da época 2010-2011. Durante o lookout, assinou com o Union Olimpija, da Eslovênia, clube da Euroliga, e teve muito bem, até que exerceu uma cláusula de libertação quando os Spurs garantiram que fazia parte do roster para a época de 2011-2012. Assinou por 3 anos, sendo que este ano irá receber 3,762,500 Milhões (nada de extraordinário para o jogador que bateu o record de triplos numa final da NBA)

- Kawhi Leonard: SF de apenas 21 anos, já estava bem cotado quando se candidatou ao Draft de 2011, mas o interessante foi como os Spurs conseguiram selecioná-lo. O Leonard passou despercebido por 14 equipas até ser escolhido pelos Indiana Pacers, a pedido dos Spurs, os Pacers trocaram-no pelo George Hill, alguém que era natural de Indiana e que se encaixava no plano de reconstrução do Larry Bird. O Hill foi mais um que os Spurs selecionaram numa posição nada vantajosa (26ª em 2008) e que estava pronto para receber um aumento salarial que não se enquadrava nos planos do Popovich, mesmo sendo um dos favoritos do técnico. Antes de perdê-lo em troco de nada, fizeram então esta troca mágica. Hoje, o Popovich jura a pés juntos que o Leonard está destinado a virar um All-Star. Vai receber apenas 1,991,760 milhões, um pouco menos que o Hill (8,000,000 milhões)

- Boris Diaw: uma figura estabelecida na liga, mas, completamente desmotivado em Charlotte, foi dispensado pelos Bobcats em março de 2012, com problemas de peso (coloquemos assim, de modo educado). Foi recolhido pelos Spurs no ato, para jogar ao lado de seu melhor amigo, o Tony Parker. O Diaw é aquele género de jogador que é subestimado na liga, é um bom defensor, lança bem de fora e é ainda um jogador bastante inteligente, o tipo de jogador que qualquer equipa queria ter no seu roster para completar a rotação. Renovou por dois anos e recebrá 4,702,500 milhões. Mais um contrato abaixo do valor de mercado e, melhor, de curta duração.

- Tiago Splitter: Foi a 28ª escolha do Draft de 2007. Era uma estrela na Europa, o que deixava a sua contratação complicada, ganhava bem pelo Baskonia e a escala salarial de rookie não permitiria que os valores fossem equiparados, sem contar com a multa rescisória exorbitante. Mas tudo bem, os Spurs esperaram 3 anos e conseguiram mais uma vez ir aos “saldos”, pagando 11 milhões por três anos de vínculo com aquele que era o melhor jogador da liga. Depois de 2 épocas com pouco tempo de jogo, despontou este ano como titular e é peça fundamental para o fortalecimento da defesa dos Spurs. É free agente para a próxima época.

- DeJuan Blair: Cotado como um talento top 10 no Draft de 2009, teve as suas aspirações abaladas pelo exame médico oficial da liga, que constatou problemas estruturais no seu joelho. A ponto de ser escolhido pelos Spurs apenas em 38º. Titular nos 2 primeiros anos, perdeu espaço este ano com a ascensão do Splitter. Teve este ano o seu ultimo ano de contrato, contrato de apenas 1 milhão.

- Matt Bonner: escolhido como o 45º do Draft de 2003 pelos Chicago Bulls, começou a jogar na Itália até voltar aos Bulls e ser trocado para os Toronto Raptors. Progrediu bem no Canadá e virou alvo do Gregg Popovich. Está na liga por uma só razão, e isso não tem a ver com seu cabelo ruivo, tem aproveitamento de 41,7% na carreira nos lançamentos de longa distância. Habilidade que encaixou com o plano de jogo do Popovich perfeitamente nos últimos anos, levando muitas vezes as outras equipas a defender o perímetro e a abrir o paint, o que permite a jogadores como o Parker e o Duncan explorar o seu famoso pick n roll. Tem um salário de 3,6 milhões, inferior ao que Steve Novak, ex-Spurs, ganha em Nova York.

- Aron Baynes: mais um australiano observado em primeira mão por Brett Brown, o gigante de 2,08 m e 118 kg assinou com os Spurs no meio da época, depois de jogar a grande nível pelo Union Olimpija na Euroliga, com médias de 13,8 pontos e 9.8 rebounds (liderava o campeonato neste fundamento até a sua equipa ser eliminada). Recebeu apenas 239 mil este ano, pela metade do campeonato, e tem salário de  788 mil para a próxima época.

Fazendo um balanço de tudo isto: são 6 jogadores de fora dos Estados Unidos (sem contar Parker e Ginóbili) e mais 2 americanos que vieram do basket europeu, apenas 1 destes, foi escolhido entre os 20 primeiros do Draft (Leonard), 5 saíram apenas na 2ª ronda do draft, sendo que Baynes e Neal nem selecionados foram; 3 deles (Mills, Green e Bonner) foram dispensados rapidamente pelas suas primeiras equipas. Todos eles estão abaixo ou na conta em relação ao valor de mercado da NBA (considerando idade x produção).

Com um departamento de olheiros atentos, que não tem limites na sua caça a talentos, uma direção que não dá “tiros no escuro”, assinando contratos curtos e de valores palatáveis para uma cidade como San Antonio, uma das menores da liga, esta equipa estabeleceu um método de trabalho que virou exemplo para toda a concorrência. Hoje são vários os dirigentes formados dentro dos Spurs que gerem outras equipas – Sam Presti, dos Oklahoma City Thunder, é o principal exemplo entre eles.

Moral da história? Não basta ter sorte para ganhar, nem basta draftar um Tim Duncan. É preciso uma estrutura dedicada e muito trabalhadora, atenta a todos os campeonatos espalhados por esse mundo fora para ter a longevidade de sucesso desta equipa, claro que caso seja possível escolher o Tony Parker e Emanuel Ginóbili, respectivamente, nas 28ª e 57ª escolhas do draft, melhor ainda. Por isso, quando me perguntam como será o futuro da equipa quando o seu famoso BIG 3 acabar, eu respondo: Don’t worry child, a estrutura está lá, o melhor treinador da liga também e o Parker ainda é novo Very Happy

 

___________________________________________
avatar
Diogojcv
Player Of The Month
Player Of The Month

Masculino Mensagens : 639
Data de inscrição : 06/04/2013
Idade : 26
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  KB24 em Dom 23 Jun 2013 - 18:59

Grande gestão dos Spurs, mas só quero adicionar um facto...não que interesse aos Spurs, mas interessa a mim pelo menos: o Nando de Colo é filho de pais portugueses.
avatar
KB24
Bench Warmer
Bench Warmer

Masculino Mensagens : 214
Data de inscrição : 23/05/2013
Idade : 27
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Vince Carter em Dom 23 Jun 2013 - 22:36

KB24 escreveu:Grande gestão dos Spurs, mas só quero adicionar um facto...não que interesse aos Spurs, mas interessa a mim pelo menos: o Nando de Colo é filho de pais portugueses.
Era exatamente isso que ia dizer, cheguei tarde damn Razz
Os Spurs são daquelas equipas com aquilo a que chamo "rigor tradicional americano". Todas as áreas são constituidas por pessoal competente: GM, Treinador, Jogadores, etc

Todos estes fatores em conjunto constroiem uma grande equipa.

Já agora, uma vez que foi o Diogo quem criou este tópico, os Miami Heat também têm uma estrutura semelhante.
Toda a gente pensa que aquilo gira á volta do Lebron James mas não. Existem também outras pessoas nos "bastidores": Treinador, Presidente, GM, etc

Vejam também o exemplo dos meus Pacers que temos um excelente: Treinador, presidente, GM, bom ambiente de balneário que implica boas escolhas de jogadores que por sua vez estão associados aos cargos mencionados acima, tal e qual como nos Spurs, e isso revelou ser meio caminho andado para uma época de sucesso, sem sequer termos uma estrela.
No caso dos Spurs junta-se a isso tudo uma Estrela, e dá o que dá, para além disso outra coisa de louvar é o facto de contornarem o obstáculo de não serem uma equipa com grande mercado ao apostarem em jogadores europeus.

São os promenores que muitas das vezes são desprezados, que têm mais impacto Wink

___________________________________________
avatar
Vince Carter
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2246
Data de inscrição : 24/01/2013
Localização : ♕ MS ♕

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Zlatan em Dom 23 Jun 2013 - 23:13

Miami é Pat Riley.
avatar
Zlatan
Top 10 Draft
Top 10 Draft

Mensagens : 106
Data de inscrição : 21/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Vince Carter em Dom 23 Jun 2013 - 23:53

Zlatan escreveu:Miami é Pat Riley.
Não percebi onde queres chegar com isso

___________________________________________
avatar
Vince Carter
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2246
Data de inscrição : 24/01/2013
Localização : ♕ MS ♕

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Zlatan em Seg 24 Jun 2013 - 11:23

IndyCarter escreveu:Já agora, uma vez que foi o Diogo quem criou este tópico, os Miami Heat também têm uma estrutura semelhante.
Toda a gente pensa que aquilo gira á volta do Lebron James mas não. Existem também outras pessoas nos "bastidores": Treinador, Presidente, GM, etc

Estava, no fundo, a concordar contigo. Todo essa estrutura que existe em Miami, esse trabalho de bastidores que falas, tem como base o Pat Riley.
avatar
Zlatan
Top 10 Draft
Top 10 Draft

Mensagens : 106
Data de inscrição : 21/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Diogojcv em Seg 24 Jun 2013 - 13:43

Zlatan escreveu:
IndyCarter escreveu:Já agora, uma vez que foi o Diogo quem criou este tópico, os Miami Heat também têm uma estrutura semelhante.
Toda a gente pensa que aquilo gira á volta do Lebron James mas não. Existem também outras pessoas nos "bastidores": Treinador, Presidente, GM, etc

Estava, no fundo, a concordar contigo. Todo essa estrutura que existe em Miami, esse trabalho de bastidores que falas, tem como base o Pat Riley.


O Pat Riley tem feito de facto um grande, grande trabalho, mas o método é exatamente o oposto do dos Spurs.

Eu falo um pouco do trabalho do Pat Riley no artigo que fiz dos Heat, se tivesse que escolher a maior virtude dele seria claramente a capacidade de persuasão.

___________________________________________
avatar
Diogojcv
Player Of The Month
Player Of The Month

Masculino Mensagens : 639
Data de inscrição : 06/04/2013
Idade : 26
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Groove em Seg 24 Jun 2013 - 15:08

Concordo, MIA é o oposto dos Spurs. Tirando os OKC mais nenhuma equipa tem um funcionamento parecido com os Spurs e mesmo assim os OKC foram construídos de forma um pouco distinta dos Spurs pois reconstruíram-se com base nas primeiras escolhas do draft (não necessariamente escolhas nº 1 evidentemente) sem contar que já tinham Durant quando iniciaram essa reconstrução.

 
Diogo, grande artigo, muito bem relatado. Na minha opinião um dos melhores tópicos desta secção de “debates e crónicas”…um trabalho ao nível do nosso amigo Farripas Smile

 
Farripas, quando nos prestigias com mais um grande trabalho deste género? Tens aqui um “adversário” de peso Razz

 
Eu ao pé de vocês dois sou um “aprendiz” Razz

___________________________________________
"When ignorant folks want to advertise their ignorance, you don't really have to do anything. You just let them talk. That's what happened here." Barack Obama
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Diogojcv em Seg 24 Jun 2013 - 16:27

Groove escreveu:Concordo, MIA é o oposto dos Spurs. Tirando os OKC mais nenhuma equipa tem um funcionamento parecido com os Spurs e mesmo assim os OKC foram construídos de forma um pouco distinta dos Spurs pois reconstruíram-se com base nas primeiras escolhas do draft (não necessariamente escolhas nº 1 evidentemente) sem contar que já tinham Durant quando iniciaram essa reconstrução.

 
Diogo, grande artigo, muito bem relatado. Na minha opinião um dos melhores tópicos desta secção de “debates e crónicas”…um trabalho ao nível do nosso amigo Farripas Smile

 
Farripas, quando nos prestigias com mais um grande trabalho deste género? Tens aqui um “adversário” de peso Razz

 
Eu ao pé de vocês dois sou um “aprendiz” Razz

Obrigado Groove, um elogio vindo do "guru" do fórum é sempre bom Very Happy

___________________________________________
avatar
Diogojcv
Player Of The Month
Player Of The Month

Masculino Mensagens : 639
Data de inscrição : 06/04/2013
Idade : 26
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Guigos em Dom 30 Jun 2013 - 16:25

Bom texto Diogojcv, fico à espera da próxima análise. Keep the good working Very Happy 

avatar
Guigos
Role Player
Role Player

Masculino Mensagens : 359
Data de inscrição : 08/12/2012
Idade : 28
Localização : Vila Nova de Gaia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Diogojcv em Dom 30 Jun 2013 - 17:34

Guigos escreveu:Bom texto Diogojcv, fico à espera da próxima análise. Keep the good working Very Happy 

Obrigado Guigos, talvez faça outro daqui a uns tempos Wink 

___________________________________________
avatar
Diogojcv
Player Of The Month
Player Of The Month

Masculino Mensagens : 639
Data de inscrição : 06/04/2013
Idade : 26
Localização : Porto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A incrivel estrutura dos Spurs

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum