NBA Portugal
<div align="center">
<span style="font-size: 16px;">Caro membro, <br /><br />Se quiser contribuir e ajudar o fórum, pode aqui faz um pequeno donativo para renovação do dominio do Fórum.<br /> Todas as suas doações garantirão a continuidade e a fidelidade deste fórum. <br /><br />O Administrador</span>
</div>

<p>
<div align="center">
FAZER DOAÇÃO<br><a href="html_images.asp" http://nba-portugal.forum-livre.com/buy-credits>CLIQUE AQUI</a>

Super mega franquias!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Super mega franquias!

Mensagem  Groove em Ter 12 Ago 2014 - 15:54

O que me faz cada vez mais impressão é a vontade das estrelas jogarem juntas.

Vamos recuar a 2010/11 quando Lebron, Wade e Bosh resolveram jogar juntos para serem campeões. Abdicaram de contractos milionários e obtiveram 4 finais em 4 anos e 2 anéis.

O que MIA fez virou moda, e vimos NYK tentarem o mesmo, LAL e LAC seguirem o exemplo (não menciono CHI, OKC nem SAS porque conseguiram um trio de outra forma…de uma forma não forçada). Das 4 franquias que forçaram a formação de uma super equipa duas não deu certo:
- LAL: por culpa unicamente de egos agravado com as lesões de Nash e posteriormente Kobe;
- NYK: Muita instabilidade, egos e posses de bola atiraram uma franquia muito bem constituída para derrotas devastadoras no playoff;
- LAC: aquela que mais se aproximou do resultado dos MIA. No entanto a ainda “inexperiência” de Griffin mas principalmente a falta de um treinador competente não permitiu que chegassem mais longe. No ano passado com a chegada de Doc Rivers os pobres de LA estão finalmente em condições de conseguirem uma final nos próximos anos.

Porque fui buscar esta conversa toda?
Uma razão simples. Provavelmente nunca em toda a história da NBA existiu um forçar tão grande tanto de jogadores como GM/franquias na construção de super equipas. Sempre existiram super trios, uns mais forçados que outros, mas nunca como hoje ouve um esforço tão grande para essa formação.

Se a saída de Lebron dos Cavs foi claramente com a intenção de formar essa fantástica equipa que vimos nos últimos anos em MIA, o seu regresso é novamente envolto na mesma moeda.

Vamos por partes:
1- Cavs conseguem em 4 anos 3primeiras picks;
2- Duas dessas 3 1ª picks deram 2 bons jogadores
3- Apesar disto e após a troca de treinador aquilo que se esperava como evolução tornou-se num revés.
4- A solução passa por atrair novamente Lebron…e conseguem.

Até aqui tudo bem. Agora analisemos mais ao pormenor. Os cavs tinham 4 posições garantidas no 5 inicial. A chegada de Wiggins colmataria a única falta desta franquia nos últimos 4 anos (SF). Eu colocaria as coisas mais ou menos assim:

PG (Irving)- Um dos melhores bases da actualidade. O problema é que gosta de ter a bola na mão, mas é clara a sua qualidade;
SG (Waiters)- Na sombra de Davis (recrutado pelos Hornets e rookie do ano), passou despercebido até que a meio da temporada de 2012/13 e após a recuperação de Irving que tinha estado lesionado os resultados da franquia melhoraram a olhos visto. Um marcador de pontos que tinha garantido o lugar de número dois da franquia;
SF (Wiggins)- Declarado e proclamado como o futuro Lebron James. Esta comparação fala por si.
PF (TT)- Um bom jogador. Não é um jogador de topo mas dá bem conta do recado;
C (Varejão)- Um ressaltador muito útil. Além disso anima e encoraja os companheiros o que é de extrema utilidade quando os ânimos andam bem lá em baixo. O problema reside a sua falta de sorte que o torna propicio a lesões.

Não posso deixar de referir Bennet. Será um flop? Ou precisa apenas de se adaptar? Para já vamos deixar no ar uma possível má forma.

Uma franquia extremamente jovem e talentosa que seria uma aterradora franquia dentro de poucos anos, desde que conseguissem manter os principais jogadores (o que não aconteceu em OKC por exemplo com a saída de Harden).

Com a chegada de Lebron, muitas duvidas apareceram. Lebron jogaria a SF fazendo Wiggins passar a um 6th man? Ou a PF? Independentemente da solução, a franquia estava muito forte.

Não contentes com a já qualidade do roster o GM dos Cavs talvez com receio de perderem uma das suas estrelas no futuro e tentando colocar os Cavs como uns candidatos ao anel a curto prazo resolveram colocar em prática um plano. Trocar a sua melhor moeda de troca (Wiggins) tudo para convencer MIN a ceder Love. Numa palavra “inacreditável”. Quem alguma vez pensou que uma qualquer franquia cederia aquele que é apontado como o melhor jogador no futuro? Isto aconteceu porque os Cavs contrataram Lebron e querem ganhar um anel já nesta temporada (para Wiggins é na minha opinião mais vantajoso ir para MIN pois não terá de limitar o seu jogo como aconteceria em CLE dada a presença de Lebron, Irving e Waiters).

Os Cavs tem neste momento a mais poderosa franquia da actualidade. No papel nem os Spurs podem levar a melhor no final.

Uma vez mais os super trios são formados como única forma de ganhar um anel. Só que desta vez nenhuma franquia está em condições para forma uma super equipa o que coloca os Cavs como vencedores teoricamente falando.

Lebron é o melhor da actualidade e disso não a dúvidas. Na prática as suas conquistas são sinónimo de forte apoio dos companheiros. Em MIA foi um vencedor enquanto Wade teve “joelhos” para o ajudarem. Com o agravar da lesão de Wade, Lebron não conseguiu ganhar o anel de 2013. No passado não ganhou nenhum anel pelos Cavs e actualmente se ganhar será porque tem ao seu lado Love, Irving e Waiters…os Cavs tem não um trio mas sim 4 grandes jogadores para atacarem o anel em 2014/15. Não esquecer os boatos de que Allen pode assinar pelos Cavs o que daria aos Cavs um suplente de luxo…um jogador para os momentos difíceis.

Onde esta a honra de um jogador? Onde está o prazer de derrotar os adversários no campo e mostrar quem é melhor? Onde estão a rivalidade que faziam vibrar os adeptos? Onde estão os jogadores que só pelo seu nome faziam encher um pavilhão? Onde estão os herdeiros (no sentido de destaque) de MJ, R. Miller, Bird, Magic, Russell, J. West, Dr. J, Barkley, Olajuwon, D. Robinson, P. Ewing, I. Thomas, O. Robertson…entre muitos outros? Alguma vez estes e outros jogadores mencionados pensaram em formar uma super equipa entre eles? Nunca. Desejavam sim jogar uns contra os outros e derrotarem-se entre si.

Muitos vão dizer que alguns dos nomes que mencionei tiveram boas equipas a sua volta alguns formando um trio. Certo, mas mudarem de equipa para se juntarem em qualquer lado e formarem essa super equipa? Não, pois não? Por exemplo, Bird tinha McHale e mais tarde os Boston contrataram Paris…já a caminhar para o fim de carreira. Talvez tenha havido um pouco de esforço nesta aquisição, mas lembro que apenas contrataram 1 do trio, nada de escandaloso se comparamos aos dois casos de Lebron por exemplo.

Outro exemplo muito conhecido deve-se aos últimos 3 aneis de CHI. Quando MJ regressou a NBA tornou a formar dupla com Pippen como desde sempre. Os Bulls resolveram oferecer um terceiro elemento de peso (Rodman). Tal como no exemplo acima, os Bulls não teriam conseguido mais três aneis sem alguém forte defensivamente junto ao cesto. Os anos 90 ainda eram dominados pelos big man. Sendo ai que residia a maior fragilidade dos Bulls, nada melhor que contratar o melhor ressaltador de então que simultaneamente era um grande defensor. Juntos, o trio ganhou mais 3 anéis para a cidade. Caso os Bulls tivessem optado pela contratação de um PG por melhor que este fosse nunca teriam ganho esses 3 anéis dada a fragilidade dos Bulls dentro do garrafão.

O método que antes pouco era utilizado e ao qual se recorria como forma de fechar uma qualquer fragilidade de uma franquia, hoje é encarada como algo normal e do mais trivial, não se olhando a meios para tal e esquecendo muitas vezes a franquia que o recrutou e os adeptos que tanto o “amam” e que vêem nele um exemplo.

É com alguma nostalgia que falo do antigamente onde quase todas as franquias tinham alguém que comandava e que era o alvo abater pelos adversários. Hoje a maioria das franquias limita-se a ter bons jogadores mas nenhum de destaque que seja o homem a quem tem de marcar com intensidade. Kobe é feito desse calibre e como tal não consegue ganhar anéis. Conseguiu os 3 primeiros nas costas de Shaq, e mais dois com um mini trio (Kobe/Gasol/MWP). Quando os dois companheiros acusaram uma quebra de forma os playoff passaram a ser finais desde os quartos-de-final de conferência. Kobe, soube que sem uma super equipa não seria possível voltar a final e o GM fez-lhe a vontade contratando Nash e D12 mantendo ainda Gasol e MWP. Mas o ego de Kobe (um pouco á antiga) não o deixava dividir a sua franquia e a época foi um descalabro. A segunda metade dessa temporada e tentando colocar os egos um pouco de lado, os LAL conseguiram jogar á campeão…infelizmente Kobe lesiona-se no final da temporada e deitou por terra qualquer hipótese de voltar a final. Uma vez mais fica provado que hoje sem um trio dificilmente se conseguem anéis.

O que dizem do rumo que a NBA tomou nos últimos anos?
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Super mega franquias!

Mensagem  Farripas em Ter 12 Ago 2014 - 16:52

A mentalidade os jogadores de hoje é completamente diferente. Hoje em dia, são todos muito amigos, dão-se quando todos muito bem fora da quadra e isso, leva a estas alianças.

Há uns anos, Jordan queria os Pistons de Isaiah e Bill Lambert, Bird queriavencer Magic, Magic queria vencer Bird. Hoje em dia, vejo apenas em Rose isso. Rose recusou-se a recrutar LeBron, Wade ou Bosh em 2010 e agora Melo em 2014. Jogadores que ele, por iniciativa própria recrutou e tentou puxar para a sua equipa? Hinrich e Gasol. Jogadores complementares e não estrelas. Rose quer vencer os melhores, não juntar-se a eles.
avatar
Farripas
Vencedor de 5 Aneis
Vencedor de 5 Aneis

Masculino Mensagens : 1479
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Super mega franquias!

Mensagem  RFVZ em Ter 12 Ago 2014 - 18:35

Antigamente tambem havia jogadores amigos fora do campo. O maior exemplo era Bird/Magic, que ao contrario do que muita gente pensa se deram sempre muito bem. Magic chegou a cometer o maior "sacrilégio" para um Laker na homenagem a Bird! Vestir uma camisola dos Celtics.

E tambem todos queriam formar as melhores equipas e ter os melhores jogadores.

A diferença a meu ver está nas estrelas. O que as estimulava para a conquista de títulos era a competição com as outras estrelas. Magic diz que a competição/rivalidade com Bird o levou a limites que ele nunca imaginou e que certamente não alcançaria sem essa rivalidade. Mais do que os anéis as estrelas valorizavam a forma como os conseguiam! Bird disse que o título que ganhou contra os Lakers de Magic foi mais saboroso que os dois que ganhou contra os Rockets. E Magic afirmou que quando romperam a maldição e ganharam o título em 1985 aos Celtics de Bird no Garden foi indiscritível. Por esse facto as estrelas raramente mudavam de equipa. A conquista do título partia dessa base de equipa à qual se iam somando peças até chegar ao objectivo.

A partir de determinada altura começou-se (como em tudo na vida) a optar-se pelo facilitismo. Se não consigo vencer as outras estrelas junto-me a elas. Se a minha equipa não é como eu desejo, não invisto nela, mudo de equipa. Se ganhei títulos com a minha equipa, mas agora há outras melhores, vou à procura delas.

A meu ver foi este o rumo que a NBA tomou nos últimos anos e que conduziu às mega franquias!

Groove apreciei a tua caraterização do antigamente. Para ficar mais rigorosa faço apenas uma correcção. O McHale e o Parish entraram nos Celtics no mesmo ano (1980), um anos depois de Bird, e não eram estrelas (McHale era até rookie). Quem eles associaram mais tarde doi o Dennis Johnson em 1983.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Super mega franquias!

Mensagem  Groove em Qua 13 Ago 2014 - 12:27

@RFVZ escreveu:

Groove apreciei a tua caraterização do antigamente. Para ficar mais rigorosa faço apenas uma correcção. O McHale e o Parish entraram nos Celtics no mesmo ano (1980), um anos depois de Bird, e não eram estrelas (McHale era até rookie). Quem eles associaram mais tarde doi o Dennis Johnson em 1983.

Agradeço a correcção. Meti água não com o McHale, mas sim com o Paris, que até me parecia que era mais velho. De qualquer forma fica a ideia do que queria dizer.

Farripas, aceito que os jogadores sejam “amiguinhos”, quem sou eu para querer ódio entre eles. Só que preferia que além das amizades existisse a rivalidade. Lembro-me quando era puto de ir jogar a bola com os amigos…muitas vezes o jogo era mais um medir de forças para ganhar de determinada pessoa. Sempre surgia a boca típica (toma, vai buscar mais…não vez que não me tiras a bola, quantas vezes ganhaste?), isto tornava aquilo que era uma simples brincadeira (uma simples futebolada entre amigos) em algo mais serio porque as bocas serviam para enraivecer o que estava a perder e este dar mais luta para inverter a situação. Quando acabava o jogo acabavam as bocas e todos amigos como antes. Na futebolada seguinte os objectivos eram claros (se o fulano X me humilhou hoje quero jogar contra ele para o fazer pagar do que me fez no dia anterior), e não juntar-me ao que me “humilhou” para passar de perdedor a vencedor.

Traduzido para a NBA este sentido de disputa dos jogadores hoje em dia termina na universidade. Quando chegam a profissionais deixam de querer ganhar aos amigos e passam a querer juntar-se a eles para serem uns vencedores. Até parece que perdem a vontade de jogar como quando jovens e passam a querer o caminho mais fácil juntando-se e humilhando os mais fracos.

Esta mudança de mentalidades vai ser prejudicial e muito no futuro. Hoje as super equipas são franquias médias/pequenas na sua maioria. Quando estas super equipas forem moda em grandes mercados como LAL, CHI, BOS, NYK (aqui já demonstram um pouco esse sentimento mas de uma forma não tão descarada) a NBA passa a ter como vencedores 3 ou 4 franquias ajudando ainda mais agravar o foço que já hoje existe entre as equipas grandes (grandes mercados e com uma longa historia) das pequenas (a grande maioria).

Só mais uma nota que tenho como percepção minha não significa que seja real. Acho que as franquias do Este tendem a formar super equipas (ou pelo menos a tentar) de forma mais descarada que as do Oeste. Acho que as franquias do Oeste ainda tendem a ter uma estrela munida de bons jogadores em volta para atacar o anel. Acho que no Este hoje em dia vêem na formação de uma super equipa a única forma de ganharem um anel dada a superioridade das franquias do Oeste.

Acho que as franquias do Este por estarem mais perto da Europa (note-se a ironia) adquiriram o lema, muito dinheiro com pouco esforço, já as do Oeste reconhecem que só com trabalho conseguem atingir os seus objectivos.
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Super mega franquias!

Mensagem  Farripas em Qua 13 Ago 2014 - 13:16

Groove, isso das super equipas no Este, tem que ver com os mercados. Chicago e NY estão no Este, com apenas LA como grande mercado no Oeste. Miami tem praias, clima espectacular e penso terem vantagens em termos de impostos.
avatar
Farripas
Vencedor de 5 Aneis
Vencedor de 5 Aneis

Masculino Mensagens : 1479
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Super mega franquias!

Mensagem  RFVZ em Qua 13 Ago 2014 - 17:14

[quote="Groove"]
Agradeço a correcção. Meti água não com o McHale, mas sim com o Paris, que até me parecia que era mais velho. De qualquer forma fica a ideia do que queria dizer.


Não metes-te água. O Parish tinha aspecto de velho desde sempre!
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Super mega franquias!

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum