NBA Portugal
<div align="center">
<span style="font-size: 16px;">Caro membro, <br /><br />Se quiser contribuir e ajudar o fórum, pode aqui faz um pequeno donativo para renovação do dominio do Fórum.<br /> Todas as suas doações garantirão a continuidade e a fidelidade deste fórum. <br /><br />O Administrador</span>
</div>

<p>
<div align="center">
FAZER DOAÇÃO<br><a href="html_images.asp" http://nba-portugal.forum-livre.com/buy-credits>CLIQUE AQUI</a>

Deve um jogador deixar a sua franquia?

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Madré em Seg 3 Nov 2014 - 12:24

Sei que pode parecer estranho e até um pouco inadequado, mas sinceramente não gostava de ver o Kobe fora dos Lakers... Para mim Kobé é um dos símbolos máximos dos Lakers (tal como foi Magic Johnson) era um jogador que gostava que se retira-se de gold'n purple ao peito... Gosto de jogadores que se mantêm fieis à mesma equipa... Tal como gostei bastante do regresso do LeBron aos Cavs.

Kobe = Lakers...
avatar
Madré
Player Of The Month
Player Of The Month

Masculino Mensagens : 675
Data de inscrição : 02/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Groove em Seg 3 Nov 2014 - 15:57

Mesmo nos anos 80/90 sempre ouve jogadores que trocaram de equipa. Normalmente acontecia já no final da carreira. Se uns procuravam um anel outros melhores contractos ou até mesmo devido a interesses das franquias. Por exemplo, Pierce deixou Boston e foi até NY vestir as cores dos Nets depois de uma vida dedicada aos Celtics.

Os LAL tem imensas historias de estrelas de outras franquias que foram para LAL em busca do primeiro anel ou simplesmente para reforçar ainda mais o roster Ex: Kareem, Chamberlain etc.

Concordo contigo quando dizes que Kobe deve terminar a carreira nos LAL.

___________________________________________
"When ignorant folks want to advertise their ignorance, you don't really have to do anything. You just let them talk. That's what happened here." Barack Obama
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  RFVZ em Seg 3 Nov 2014 - 16:41

Podem achar um pormenor, mas para mim a lenda de um jogador é maior se existir uma fidelidade total a uma equipa ao longo da carreira.
O jogador transforma-se num símbolo histórico exclusivo de um franquia e a sua ligação aos adeptos é total.

Para além de que muitos destes jogadores quando mudam em final de carreira, passam a ter um papel mais secundário na nova equipa, o que "mancha" um bocado a sua lenda.
Dou o exemplo de dois jogadores dos anos 80/90, Pat Ewing e Hakeem Olajuwon, que não beneficiaram nada em não terem terminado as suas carreiras nas suas equipas de sempre.

Claro que a vontade não está só do lado do jogador, mas no caso de Kobe penso que ele tem a autonomia necessária para definir o seu futuro.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Groove em Ter 4 Nov 2014 - 11:39

O caso do P. Ewing, foi o desespero de ser campeão. O mesmo aconteceu com K. Malone (um dos meus jogadores favoritos de sempre). Apesar disso acho que quando procuram um anel é desculpável, isto é quando o fazem em final de carreira…não deixa de ser uma mancha, mas é compreensível.

Outra coisa que pode acontecer é quando a própria franquia opta por não renovar ou trocar esse jogador como aconteceu recentemente com Pierce (Boston para BKN).

Também á casos de jogadores que estão anos numa franquia e no entanto ficam mais associados a sua segunda casa como por exemplo aconteceu com Kareem que é sempre associado aos LAL apesar de não ter iniciado lá a carreira. O mesmo vale para Shaq., por exemplo.

___________________________________________
"When ignorant folks want to advertise their ignorance, you don't really have to do anything. You just let them talk. That's what happened here." Barack Obama
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Madré em Ter 4 Nov 2014 - 15:43

@Groove escreveu:O caso do P. Ewing, foi o desespero de ser campeão. O mesmo aconteceu com K. Malone (um dos meus jogadores favoritos de sempre). Apesar disso acho que quando procuram um anel é desculpável, isto é quando o fazem em final de carreira…não deixa de ser uma mancha, mas é compreensível.

Outra coisa que pode acontecer é quando a própria franquia opta por não renovar ou trocar esse jogador como aconteceu recentemente com Pierce (Boston para BKN).

Também á casos de jogadores que estão anos numa franquia e no entanto ficam mais associados a sua segunda casa como por exemplo aconteceu com Kareem que é sempre associado aos LAL apesar de não ter iniciado lá a carreira. O mesmo vale para Shaq., por exemplo.

Exacto concordo...

Se não estou em erro com o Hakeem aconteceu o mesmo, Houston trocou-o para os Raptors, quando estava a tentar iniciar um rebuild...

Quanto ao Karrem o engraçado é que ele antes de ir para os Lakers, já tinha conseguido ganhar um anel nos Bucks, mas acho que vamos sempre associa-lo aos Lakers e aos Bucks associamos o Oscar Robertson...

Relativamente ao Shaq para mim vejo-o sempre com a jersey dos Lakers... É normalmente onde o jogador atinge mais sucesso que o associamos, tirando o LeBron ahhaha. Para mim o LeBron será sempre um símbolo dos Cavs (mesmo que nunca ganhe nenhum anel pelos Cavs).
avatar
Madré
Player Of The Month
Player Of The Month

Masculino Mensagens : 675
Data de inscrição : 02/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  RFVZ em Ter 4 Nov 2014 - 18:59

@Madré escreveu:
@Groove escreveu:O caso do P. Ewing, foi o desespero de ser campeão. O mesmo aconteceu com K. Malone (um dos meus jogadores favoritos de sempre). Apesar disso acho que quando procuram um anel é desculpável, isto é quando o fazem em final de carreira…não deixa de ser uma mancha, mas é compreensível.

Outra coisa que pode acontecer é quando a própria franquia opta por não renovar ou trocar esse jogador como aconteceu recentemente com Pierce (Boston para BKN).

Também á casos de jogadores que estão anos numa franquia e no entanto ficam mais associados a sua segunda casa como por exemplo aconteceu com Kareem que é sempre associado aos LAL apesar de não ter iniciado lá a carreira. O mesmo vale para Shaq., por exemplo.

Exacto concordo...

Se não estou em erro com o Hakeem aconteceu o mesmo, Houston trocou-o para os Raptors, quando estava a tentar iniciar um rebuild...

Quanto ao Karrem o engraçado é que ele antes de ir para os Lakers, já tinha conseguido ganhar um anel nos Bucks, mas acho que vamos sempre associa-lo aos Lakers e aos Bucks associamos o Oscar Robertson...

Relativamente ao Shaq para mim vejo-o sempre com a jersey dos Lakers... É normalmente onde o jogador atinge mais sucesso que o associamos, tirando o LeBron ahhaha. Para mim o LeBron será sempre um símbolo dos Cavs (mesmo que nunca ganhe nenhum anel pelos Cavs).


A associação à equipa depende principalmente do local onde teve preponderância desportiva e onde ganhou títulos, mas também tem influência o período em que cada um o vê jogar. Falo especificamente de Shaq, que associo fortemente aos Lakers, mas não exclusivamente. A passagem dele pelos Orlando Magic (4 anos) também está muito presente para mim e para grande parte das pessoas que assistiram à sua entrada na NBA. Shaq foi uma verdadeira revolução quando entrou, lembro-me da curiosidade e desejo que era ver jogos, estatísticas daquele rookie que desafiava todas as estrelas da liga. Daí me recordar e associar Shaq também à camisola negra, com estrelas, dos Magic.

Em relação aos jogadores em final de carreira procurarem um título, aqui podemos associar Barkley aos já citados, acho compreensível, mas a meu ver perde alguma da empatia que se cria com os fãs dessa equipa.
Aqui vou falar especificamente de Karl Malone, o jogador que eu definiria como o meu preferido de todos os tempos, por razões da qualidade do atleta e outras que são óbvias.
Karl Malone e John Sotckton foram os dois jogadores com maior preponderância desportiva na história dos Jazz. No entanto escolheram formas diferentes de terminar a carreira.
Um (Stock) decidiu ao fim de 19 anos consecutivos nos Jazz terminar a carreira nesta equipa. O outro (Malone) decidiu ao fim de 18 anos nos Jazz jogar mais uma época nos Lakers (onde terminou a carreira) para tentar o título.
Se perguntarem aos fãs dos Jazz qual dos dois é o verdadeiro símbolo da equipa, a grande maioria dirá John Stockton, precisamente por essa fidelidade total. Lembro-me que quando Malone decidiu ir para os Lakers (assinou por um mínimo para veteranos) a reacção dos Fãs dos Jazz foi "violenta". Apareceram cartazes a dizer "devolve o dinheiro que aqui ganhas-te seu mercenário" . Quando jogou em Salt Lake City pelos Lakers teve um ambiente hostil e dividido dos aficionados. Até nas estátuas que estão no exterior do pavilhão dos Jazz a de Malone não foi tão consensual como a de Stockton.
Claro que o tempo dilui todas estas reacções intempestivas e apaixonadas dos adeptos, mas serve este exemplo para ilustrar como uma fidelidade total a uma equipa construirá será sempre a verdadeira lenda para os adeptos dessa equipa.

Nota: como adepto dos Jazz, provavelmente estarão a perguntar em qual dos grupos me incluo. Digo que compreendi e aceitei perfeitamente a opção do "mailman" procurar aquilo que, naquela altura, os Jazz não lhe poderiam proporcionar e que em nada mudou a imagem que tinha dele como lenda dos Jazz. Tive foi imensa pena que ele não tivesse conquistado o merecido título com os Jazz.
Agora também digo que entre os dois realmente o que, para mim, mais define uma lenda viva dos Jazz é John Stockton. Aquele corpo não vestiu, em competição na NBA, outra camisola que não fosse a mítica nº12 dos Utah Jazz durante 19 anos ! E isso não tem comparação para um adepto !!!
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Farripas em Ter 4 Nov 2014 - 19:15

Concordo com o que aqui foi dito, que o legado de um jogador é diferente e tem mais impacto, se o jogador apenas vestir 1 camisola durante a sua carreira. Mas também acho que depende da situação em que o jogador saiu da equipa original.

Em relação a Jordan e Pippen, tenho duas opiniões diferentes. Se no caso do Jordan, acho que o seu legado sai manchado. Sim, é verdade que venero Jordan e o considero o melhor de sempre, também é verdade que, quando falo na sua carreira, há sempre aquele "mas", que tem que ver com o facto de ele ter vestido a camisola dos Wizards. É algo que me entristece como fã de Jordan e dos Bulls. Claro que essa mancha não é grande e são circunstâncias um pouco diferentes do que a maioria dos casos aqui falados. Jordan não o fez porque queria perseguir o titulo com outra equipa, fê-lo porque é super-competitivo e queria voltar a jogar, depois de se ter reformado pela 2ª vez. No entanto, acaba por "magoar" de uma maneira diferente, já que foi jogar para outra equipa...."porque sim".
No caso de Pippen, foi trocado por Jerry Krause, que queria iniciar o rebuild a seguir à reforma de Jordan. Incluo Paul Pierce no mesmo saco que Pippen, já que este não quis sair para perseguir outro titulo, apenas foi trocado pelo Danny Ainge, que queria cap space para iniciar um rebuild. Não meto o Garnett neste grupo, porque foi trocado duas vezes e na troca para os Celtics, só aceitou a troca depois dos Celtics terem adquirido Ray Allen. Na troca para Brooklyn, teve que ser convencido por Pierce para prescindir da clausula de nâo-troca que tinha no seu contrato, para poder ser trocado.

Não é que culpe o K. Malone ou outros por perseguirem titulos com outras equipas, mas concordo que deixe uma marca nos fãs. É visto como uma traição e consigo perceber perfeitamente isso.


"Jogador espectacular, deu tanto à minha equipa.... MAS jogou noutra equipa." Fica sempre aquele "MAS"
avatar
Farripas
Vencedor de 5 Aneis
Vencedor de 5 Aneis

Masculino Mensagens : 1479
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Groove em Qua 5 Nov 2014 - 14:41

Resolvi mover os tópicos relativos ao trocar ou não de equipa por parte dos seus lideres, pois o assunto estava a ficar longo no tópico dos LAL o que não era aconselhável.

Podemos assim continuar o debate sem misturamos o tema dos tópicos.



Farripas o caso do MJ na minha opinião tem dois “mas”. Aquela primeira aposentadoria dele e que muitos esquecem ou os mais novos desconhecem dividiu a sua carreira em duas partes.

A primeira a quando da sua ascensão enquanto jogador, uma máquina de marcar pontos, um líder extremamente competitivo que só pensava em derrotar os rivais (I. Thomas que o diga). Um caso raro de um rookie que chega e intromete-se logo entre os melhores marcadores e que comina com as derrotas sucessivas nos playoff diante dos Detroit Pistons do seu arqui-rival I. Thomas e posteriormente com 3 anéis consecutivos de campeão.

A segunda quando regressa depois de uma passagem pelo Basebol para ganhar mais 3 anéis e voltar a retirar-se.

Acho que a sua saída para ir disputar outra modalidade foi uma mancha na sua carreira só esquecida pelos fans pois ele voltou para jogar na mesma franquia (Chicago Bulls) e voltou a conquistar anéis. Não fosse isso não seria lembrado como o melhor de sempre mas sim por um tremendo ódio por parte tanto dos fans dele como principalmente pelos fans dos Bulls.

Não satisfeito e reafirmando que era um jogador muito competitivo resolveu voltar aos pavilhões para defender a franquia da capital. Apesar dos seus 40anos quando se retirou definitivamente (será? Razz) e já longe da forma que o tornou numa estrela da NBA ainda “fazia o bigode” a grande parte dos actuais jogadores. Marcar 20pts de média p/jogo para alguém com 40 anos é tudo menos normal. Apesar disto, MJ não será nunca conhecido como jogador dos WAS nem tão pouco se fala no assunto. O seu nome é e sempre será sinonimo dos Bulls. Apesar disso são duas manchas na carreira de MJ, a primeira aposentadoria e posteriormente o regresso para defender outra franquia.

O caso do Pippen, Pierce, Olajuwon, etc são casos de excepções. Foram vítimas da restruturação (rebuild) das suas franquias. Algo natural que pode manchar a carreira de um atleta sem que este tenha culpa. Os adeptos reconhecem estes casos tanto que muitas vezes acabam por aplaudir os jogadores quando estes voltam a “casa” mas para defender outra franquia.

RFVZ, tens toda a razão quanto a comparação que fazes entre Stockton e Malone. Agora cabe a nós adeptos/fans tentar perceber o lado dos jogadores. Malone queria um anel e resolveu tentar a sorte numa única temporada apenas para esse fim. Não foi feliz e retirou-se, já Stockton preferiu ser fiel até ao final da carreira e nunca abandonou a franquia.


Última edição por Groove em Qua 5 Nov 2014 - 14:53, editado 1 vez(es)

___________________________________________
"When ignorant folks want to advertise their ignorance, you don't really have to do anything. You just let them talk. That's what happened here." Barack Obama
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Madré em Qua 5 Nov 2014 - 14:51

@Groove escreveu:Resolvi mover os tópicos relativos ao trocar ou não de equipa por parte dos seus lideres, pois o assunto estava a ficar longo no tópico dos LAL o que não era aconselhável.

Podemos assim continuar o debate sem misturamos o tema dos tópicos.



Farripas o caso do MJ na minha opinião tem dois “mas”. Aquela primeira aposentadoria dele e que muitos esquecem ou os mais novos desconhecem dividiu a sua carreira em duas partes.

A primeira a quando da sua ascensão enquanto jogador, uma máquina de marcar pontos, um líder extremamente competitivo que só pensava em derrotar os rivais (I. Thomas que o diga). Um caso raro de um rookie que chega e intromete-se logo entre os melhores marcadores e que comina com as derrotas sucessivas nos playoff diante dos Detroit Pistons do seu arqui-rival I. Thomas e posteriormente com 3 anéis consecutivos de campeão.

A segunda quando regressa depois de uma passagem pelo Basebol para ganhar mais 3 anéis e voltar a retirar-se.

Acho que a sua saída para ir disputar outra modalidade foi uma mancha na sua carreira só esquecida pelos fans pois ele voltou para jogar na mesma franquia (Chicago Bulls) e voltou a conquistar anéis. Não fosse isso não seria lembrado como o melhor de sempre mas sim por um tremendo ódio por parte tanto dos fans dele como principalmente pelos fans dos Bulls.

Não satisfeito e reafirmando que era um jogador muito competitivo resolveu voltar aos pavilhões para defender a franquia da capital. Apesar dos seus 40anos quando se retirou definitivamente (será? Razz) e já longe da forma que o tornou numa estrela da NBA ainda “fazia o bigode” a grande parte dos actuais jogadores. Marcar 20pts de média p/jogo para alguém com 40 anos é tudo menos normal. Apesar disto, MJ não será nunca conhecido como jogador dos WAS nem tão pouco se fala no assunto. O seu nome é e sempre será sinonimo dos Bulls. Apesar disso são duas manchas na carreira de MJ, a primeira aposentadoria e posteriormente o regresso para defender outra franquia.

Achas mesmo que a passagem do MJ pelo baseball é vista como uma mancha na carreira?

Eu sinceramente até vejo como mais um elemento a juntar à lenda que é o Jordan. Aqueles dois anos em que esteve ausente, só fazem com que a especulação em volta da carreira dele seja maior. Do tipo: e se o MJ nao tivesse ido jogar basebol, os Bulls ganhavam 8 titulos seguidos???

Não sei, mas eu para mim só vejo a passagem dele por Washington como a única mancha na carreira dele.
avatar
Madré
Player Of The Month
Player Of The Month

Masculino Mensagens : 675
Data de inscrição : 02/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Farripas em Qua 5 Nov 2014 - 15:07

Atenção que, diz-se que a primeira reforma do MJ foi devido a um castigo por apostas que fazia, sendo mascarado esse castigo de reforma, devido à popularidade do Jordan e o crescimento que ele trouxe a nivel mundial.
avatar
Farripas
Vencedor de 5 Aneis
Vencedor de 5 Aneis

Masculino Mensagens : 1479
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Groove em Qua 5 Nov 2014 - 15:24

Olhando por esse lado tens razão. Mas não te podes esquecer de um pormenor…vamos supor que és um fã do Durant e que ele no fim da temporada anuncia que se vai retirar. Qual é a tua reacção? Tendo em conta que ainda é jovem ficas fulo com ele, pois ainda podias vê-lo jogar alguns anos. Uns meses depois ficas a saber que foi jogar Baseball…seguramente não ficas contente, pois vez alguém de quem gostas muito a jogar basket abandonar a competição para ir para outra modalidade. Passado 2 anos ele regressa ao basket e ficas felicíssimo.

O facto de ficares feliz não significa que o jogador tenha agido bem pois o que fez foi uma falta de respeito para com os fans. Além disso pode sempre ficar no ar a questão: “será que se tivesse tido futuro no baseball ele teria regressado ao basket”? Pois bem, essa é a questão que se coloca ao MJ, só que no caso do MJ voltou para conquistar mais 3 anéis e isso fez esquecer um pouco a sua ausência de ano e meio.

Eu sou um grande fã de MJ, cresci a vê-lo jogar, e ainda hoje adoro pegar no NBA 2Kxx para criar seasons com as clássicas e apenas jogo (99% das vezes) com os Bulls apenas para poder controlar MJ. No entanto tenho de reconhecer que aquela ausência alegadamente devido ao falecimento do seu pai e ao desinteresse pela modalide mas que simultaneamente lhe abriu a porta para competir noutra modalidade é sim uma “mancha” na sua carreira.

___________________________________________
"When ignorant folks want to advertise their ignorance, you don't really have to do anything. You just let them talk. That's what happened here." Barack Obama
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Madré em Qua 5 Nov 2014 - 15:59

@Groove escreveu:Olhando por esse lado tens razão. Mas não te podes esquecer de um pormenor…vamos supor que és um fã do Durant e que ele no fim da temporada anuncia que se vai retirar. Qual é a tua reacção? Tendo em conta que ainda é jovem ficas fulo com ele, pois ainda podias vê-lo jogar alguns anos. Uns meses depois ficas a saber que foi jogar Baseball…seguramente não ficas contente, pois vez alguém de quem gostas muito a jogar basket abandonar a competição para ir para outra modalidade. Passado 2 anos ele regressa ao basket e ficas felicíssimo.

O facto de ficares feliz não significa que o jogador tenha agido bem pois o que fez foi uma falta de respeito para com os fans. Além disso pode sempre ficar no ar a questão: “será que se tivesse tido futuro no baseball ele teria regressado ao basket”? Pois bem, essa é a questão que se coloca ao MJ, só que no caso do MJ voltou para conquistar mais 3 anéis e isso fez esquecer um pouco a sua ausência de ano e meio.

Eu sou um grande fã de MJ, cresci a vê-lo jogar, e ainda hoje adoro pegar no NBA 2Kxx para criar seasons com as clássicas e apenas jogo (99% das vezes) com os Bulls apenas para poder controlar MJ. No entanto tenho de reconhecer que aquela ausência alegadamente devido ao falecimento do seu pai e ao desinteresse pela modalide mas que simultaneamente lhe abriu a porta para competir noutra modalidade é sim uma “mancha” na sua carreira.

Sim visto dessa forma também tens razão...

Farripas: desconhecia isso... Conta lá melhor essa coisa das apostas.
avatar
Madré
Player Of The Month
Player Of The Month

Masculino Mensagens : 675
Data de inscrição : 02/08/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Farripas em Qua 5 Nov 2014 - 17:16

@Madré escreveu:
@Groove escreveu:Olhando por esse lado tens razão. Mas não te podes esquecer de um pormenor…vamos supor que és um fã do Durant e que ele no fim da temporada anuncia que se vai retirar. Qual é a tua reacção? Tendo em conta que ainda é jovem ficas fulo com ele, pois ainda podias vê-lo jogar alguns anos. Uns meses depois ficas a saber que foi jogar Baseball…seguramente não ficas contente, pois vez alguém de quem gostas muito a jogar basket abandonar a competição para ir para outra modalidade. Passado 2 anos ele regressa ao basket e ficas felicíssimo.

O facto de ficares feliz não significa que o jogador tenha agido bem pois o que fez foi uma falta de respeito para com os fans. Além disso pode sempre ficar no ar a questão: “será que se tivesse tido futuro no baseball ele teria regressado ao basket”? Pois bem, essa é a questão que se coloca ao MJ, só que no caso do MJ voltou para conquistar mais 3 anéis e isso fez esquecer um pouco a sua ausência de ano e meio.

Eu sou um grande fã de MJ, cresci a vê-lo jogar, e ainda hoje adoro pegar no NBA 2Kxx para criar seasons com as clássicas e apenas jogo (99% das vezes) com os Bulls apenas para poder controlar MJ. No entanto tenho de reconhecer que aquela ausência alegadamente devido ao falecimento do seu pai e ao desinteresse pela modalide mas que simultaneamente lhe abriu a porta para competir noutra modalidade é sim uma “mancha” na sua carreira.

Sim visto dessa forma também tens razão...

Farripas: desconhecia isso... Conta lá melhor essa coisa das apostas.

É uma especie de mito urbano, que diz que o Jordan apostava (nunca cheguei a perceber se em jogos da NBA ou outro tipo de gambling), algo que é proibido aos jogadores. Mas dado ser o Jordan e as reprecussoes que traria o suspender o melhor jogador na altura, junto dos fãs, ou o não suspendê-lo e o que isso traria junto de outros jogadores, houve todo um elaborado plano de uma "reforma".

Embora parece teoria da conspiração e o Jordan pudesse ter ido para o baseball devido à morte do pai e o que o baseball significava para este, temos que questionar o porquê de um jogador no auge da sua carreira e com mais alguns anos pela frente e saído de 3 titulos seguidos, ter perdido o gosto pela modalidade, apenas para voltar a tê-lo 1 ano e meio depois...
avatar
Farripas
Vencedor de 5 Aneis
Vencedor de 5 Aneis

Masculino Mensagens : 1479
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Vince Carter em Qua 5 Nov 2014 - 17:23

No meu caso, associam-me aos Raptors ou aos Nets? Razz

___________________________________________
avatar
Vince Carter
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2246
Data de inscrição : 24/01/2013
Localização : ♕ MS ♕

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Farripas em Qua 5 Nov 2014 - 17:24

@Vince Carter escreveu:No meu caso, associam-me aos Raptors ou aos Nets? Razz

Eu associo aos Raptors, porque o que me fica na memoria sao os afundanços espectaculares, em especial no concurso de afundanços em 2000.
avatar
Farripas
Vencedor de 5 Aneis
Vencedor de 5 Aneis

Masculino Mensagens : 1479
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Vince Carter em Qua 5 Nov 2014 - 17:26

@Farripas escreveu:
@Vince Carter escreveu:No meu caso, associam-me aos Raptors ou aos Nets? Razz

Eu associo aos Raptors, porque o que me fica na memoria sao os afundanços espectaculares, em especial no concurso de afundanços em 2000.
Mas se reparares grande parte do melhor basquetebol foi praticado em New Jersey, daí a minha questão. Já para não falar dos inúmeros recordes que ele lá bateu a nível de franchise.

___________________________________________
avatar
Vince Carter
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2246
Data de inscrição : 24/01/2013
Localização : ♕ MS ♕

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Farripas em Qua 5 Nov 2014 - 17:28

@Vince Carter escreveu:
@Farripas escreveu:
@Vince Carter escreveu:No meu caso, associam-me aos Raptors ou aos Nets? Razz

Eu associo aos Raptors, porque o que me fica na memoria sao os afundanços espectaculares, em especial no concurso de afundanços em 2000.
Mas se reparares grande parte do melhor basquetebol foi praticado em New Jersey, daí a minha questão. Já para não falar dos inúmeros recordes que ele lá bateu a nível de franchise.

Completamente de acordo, mas talvez infelizmente, quando penso no Vince Carter, penso nos afundanços e o ter jogado com o T-Mac em Toronto, não penso no facto de ter sido um dos melhores jogadores da historia dos Nets.
avatar
Farripas
Vencedor de 5 Aneis
Vencedor de 5 Aneis

Masculino Mensagens : 1479
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  PIERCE#34 em Qua 5 Nov 2014 - 17:54

@Farripas escreveu:
@Vince Carter escreveu:No meu caso, associam-me aos Raptors ou aos Nets? Razz

Eu associo aos Raptors, porque o que me fica na memoria sao os afundanços espectaculares, em especial no concurso de afundanços em 2000.

Eu tambem concordo com o Farripas! Acho que será sempre onde vai ser lembrado com maior hype
avatar
PIERCE#34
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 3401
Data de inscrição : 30/01/2013
Idade : 26

Ver perfil do usuário https://camisola34.wordpress.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Farripas em Qua 5 Nov 2014 - 17:57

@PIERCE#34 escreveu:
@Farripas escreveu:
@Vince Carter escreveu:No meu caso, associam-me aos Raptors ou aos Nets? Razz

Eu associo aos Raptors, porque o que me fica na memoria sao os afundanços espectaculares, em especial no concurso de afundanços em 2000.

Eu tambem concordo com o Farripas! Acho que será sempre onde vai ser lembrado com maior hype

Basta reparar no avatar e na outra imagem do maior fã do VC aqui no fórum Laughing Laughing
avatar
Farripas
Vencedor de 5 Aneis
Vencedor de 5 Aneis

Masculino Mensagens : 1479
Data de inscrição : 03/10/2011
Idade : 28
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  RFVZ em Qua 5 Nov 2014 - 19:19

@Farripas escreveu:
@Madré escreveu:
@Groove escreveu:Olhando por esse lado tens razão. Mas não te podes esquecer de um pormenor…vamos supor que és um fã do Durant e que ele no fim da temporada anuncia que se vai retirar. Qual é a tua reacção? Tendo em conta que ainda é jovem ficas fulo com ele, pois ainda podias vê-lo jogar alguns anos. Uns meses depois ficas a saber que foi jogar Baseball…seguramente não ficas contente, pois vez alguém de quem gostas muito a jogar basket abandonar a competição para ir para outra modalidade. Passado 2 anos ele regressa ao basket e ficas felicíssimo.

O facto de ficares feliz não significa que o jogador tenha agido bem pois o que fez foi uma falta de respeito para com os fans. Além disso pode sempre ficar no ar a questão: “será que se tivesse tido futuro no baseball ele teria regressado ao basket”? Pois bem, essa é a questão que se coloca ao MJ, só que no caso do MJ voltou para conquistar mais 3 anéis e isso fez esquecer um pouco a sua ausência de ano e meio.

Eu sou um grande fã de MJ, cresci a vê-lo jogar, e ainda hoje adoro pegar no NBA 2Kxx para criar seasons com as clássicas e apenas jogo (99% das vezes) com os Bulls apenas para poder controlar MJ. No entanto tenho de reconhecer que aquela ausência alegadamente devido ao falecimento do seu pai e ao desinteresse pela modalide mas que simultaneamente lhe abriu a porta para competir noutra modalidade é sim uma “mancha” na sua carreira.

Sim visto dessa forma também tens razão...

Farripas: desconhecia isso... Conta lá melhor essa coisa das apostas.

É uma especie de mito urbano, que diz que o Jordan apostava (nunca cheguei a perceber se em jogos da NBA ou outro tipo de gambling), algo que é proibido aos jogadores. Mas dado ser o Jordan e as reprecussoes que traria o suspender o melhor jogador na altura, junto dos fãs, ou o não suspendê-lo e o que isso traria junto de outros jogadores, houve todo um elaborado plano de uma "reforma".

Embora parece teoria da conspiração e o Jordan pudesse ter ido para o baseball devido à morte do pai e o que o baseball significava para este, temos que questionar o porquê de um jogador no auge da sua carreira e com mais alguns anos pela frente e saído de 3 titulos seguidos, ter perdido o gosto pela modalidade, apenas para voltar a tê-lo 1 ano e meio depois...

Jordan sempre foi um competidor feroz e amante de todo o tipo de apostas, mas não era o único. Na altura da sua primeira retirada era voz corrente que muitos jogadores famosos da liga apostavam.
Na altura da sua retirada nem foi muito falada a questão das apostas. Só mais tarde é que essa teoria apareceu, como outras tantas que surgem com os mitos.
Em relação à retirada propriamente dita, a liga estava, na época, em tal processo de expansão que afastar MJ, pelo período que fosse, seria sempre correr um grande risco. E se a fama atingia tantos jogadores porquê afastar logo o sua maior estrela? Não esqueçamos que tinham acabado de retirar-se Bird e Magic e Jordan era a estrela indiscutível. A própria liga já tinha percebido que afastar jogadores por longo período não era vantajoso para o "business".

Só MJ sabe verdadeiramente porque se retirou. Provavelmente foi um conjunto de factores. Claro que a morte do Pai (para roubar um carro que tinha sido prenda de MJ) teve influência. A quase "paranóia" pelo baseball também ajudou. Mas, daquilo que interpretei na altura, na minha opinião, repito na minha opinião, a retirada teve a ver com a personalidade de MJ .Passo a explicar.

MJ foi, para muitos, o melhor jogador de todos os tempos, mas não é nenhum modelo comportamental, antes pelo contrário. É orgulhoso, implacável para quem o afronta, não esquece quem o ignorou ou criticou, obsessivo nas suas ideias e planeia quase estrategicamente as linhas de orientação do seu comportamento. Por esta perspectiva acho que se a liga o quisesse suspender teria sido contra a sua vontade e MJ  já teria "arruinado" a vida de quase todos eles.

Independente de motivações ou falta delas, o que se passou na altura é que em 1993 tinha acabado o ano rookie de uma das melhores colheitas de sempre da NBA (1992- liderada por Shaq e Zo) e dizia-se que vinha aí uma geração de vedetas que dominaria a NBA. Alguns deles assumiram um protagonismo exagerado nos media, com apoio da própria liga. O que eu penso e que reflecti na altura (até por declarações que fez) é que MJ pelo seu feitio quis "entalar" a liga. Já tinha ganho 3 títulos, a motivação já fora maior e deve ter pensado " Achais que ides levar esta liga para a frente só com os "putos"? Então vamos ver!" e retirou-se.
Foi fazer a sua loucura e observar a situação.
E o tempo correu a seu favor. Apesar da colheita de rookies ser excelente e de outras vedetas como Robinson e Olajwon a liga ficou orfã de uma megaestrela. Lembro-me que após poucos meses da sua retirada já se falava no seu regresso. E todos os meses vinha a notícia/rumor- MJ vai voltar!!!
E ele, após alguns meses, começou a entrar no esquema, quase como a brincar com a situação. Deixava aparecer imagens suas a efectuar, particularmente, alguns lançamentos, o que estimulava mais os rumores. Antes dos playoffs de 1994 muita imprensa achava que MJ regressaria para os disputar, mas nada!

MJ só regressou quando e como quis! E com a frase "Estou de volta". E 10 dias depois marcou 55 pontos no Madison Square Garden. E os fãs de Chicago diziam "Michael Jordan é o mesmo? Não, é melhor!!!"

Poderá ser isto teoria? Pode, mas é a minha teoria!
Pode dizer-se que MJ não precisava disto para se afirmar. Claro que não, mas não também não precisava de humilhar companheiros e rivais como fazia, nem directivos como fazia. Esta era a sua personalidade e, queiramos ou não, foi também com estes comportamentos, e não só como o aspecto desportivo, que cresceu o mito!!!
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Groove em Qui 6 Nov 2014 - 10:51

@Vince Carter escreveu:No meu caso, associam-me aos Raptors ou aos Nets? Razz

Eu associo VC aos Raptors pelo que disse o Farripas. Aliás associo sempre VC e T-Mac á temida dupla dos Raptors apesar de um ter passado longos anos nos NJ e o outro em ORL.


O caso de MJ pode descrever-se da seguinte forma: a realidade tornou-se lenda. A lenda tornou-se mito. O mito não foi mais esquecido.

Para a frase acima serve algo que os Americanos têm de bom. Podem criticar muito um jogador, mas apos aposentadoria esquecem o mau e ficam apenas com o bom. Isso faz com que as “estrelas” se tornem lendas e icons/imagens de marca para a futura geração. MJ foi pioneiro e soube tirar partido disso como ninguém.

Magic e Bird tornaram-se lendas principalmente pela sua rivalidade em campo, acrescendo a sua muita qualidade enquanto jogadores.

Rodman é muito popular e apesar de ter sido um excelente defensor e um dos melhores ressaltadores da era moderna, tornou-se lenda pela sua postura, tatuagens, agressividade, piercings, irrelevância para com as regras etc.

Pegando nas palavras do RFVZ, MJ era de tal forma competitivo que chegou ao ponto de se “embrulhar” num treino com S. Kerr porque este estava uma postura muito agressiva tendo em conta que era apenas um treino. MJ não gostou pois ele é que era o maior e arranjou confusão.

Uma coisa é certa, provavelmente nunca vamos saber a realidade sobre a primeira aposentadoria de MJ, mas uma coisa é certa, MJ manchou a carreira com essa aposentadoria, mas ao regressar em grande vencendo mais 3 anéis fez com que os mais distraídos ou fanáticos esquecessem essa paragem de ano e meio.

Já que falamos sobre sair ou não da sua primeira equipa lembrei-me de uma situação. Por exemplo, caso como Barkley em que a sua franquia não se reforçava para que tivesse hipóteses de disputar uma final, ou até mesmo o caso de Lebron nos Cavs (antes de sair para Miami). Acham bem ou mal a saída por opção do jogador, tendo em conta que manter-se na sua franquia nunca vão conseguir nada além de o título de bom jogador.

Agora vejamos um caso distinto, e se um jogador “minar” o líder da franquia e esta apoiar o sublíder. Acham bem neste caso o líder abandonar o barco? Para este caso coloco o exemplo de “Penny” Hardway vs Shaq. nos Orlando Magic.

___________________________________________
"When ignorant folks want to advertise their ignorance, you don't really have to do anything. You just let them talk. That's what happened here." Barack Obama
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  DansCB em Sex 7 Nov 2014 - 17:08

Depende sempre dos casos... temos jogadores que ao sairem da sua equipa de origem melhoraram bastante o seu jogo e conquistaram o sucesso que nunca teriam se continuassem em "casa". Um desses jogadores é o Shaq.
Depois há aqueles casos, como o do Wade (por exemplo), que é já imposssível imaginá-lo noutra equipa além dos Heat. Foi lá que construiu o seu legado e conquistou tudo o que havia por conquistar (menos o MVP Sad ).

___________________________________________
"My belief is stronger than your doubt" - Dwyane Wade
"I always laugh when people ask me about rebounding techniques. I've got a technique. It's called just go get the damn ball"- Charles Barkley
avatar
DansCB
Estrela da Equipa
Estrela da Equipa

Masculino Mensagens : 826
Data de inscrição : 29/01/2013
Localização : Lisboa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Groove em Seg 10 Nov 2014 - 12:50

@DansCB escreveu:Depende sempre dos casos... temos jogadores que ao sairem da sua equipa de origem melhoraram bastante o seu jogo e conquistaram o sucesso que nunca teriam se continuassem em "casa". Um desses jogadores é o Shaq.

Tenho duvidas se Shaq não teria deixado um legado em Orlando. Aliás, para os adeptos arrisco dizer que Shaq era mais importante que “Penny”, no circuito interno (direcção) é que “Penny” tinha mais valor. Nunca compreendi muito isso e fui um grande fã de Penny e comparava-o muito a MJ.

Penny assumia-se como o líder e Shaq queria esse posto. Os dois completavam-se e podiam ter ganho muito juntos. Penny ainda não sofria das lesões que limitaram muito a sua carreira e Shaq era um jovem com um talento brutal e que detinha um estilo muito atlético o que era pouco normal para alguém com a sua estatura.

De certa forma a direcção dos Magic foi responsável pelo desfecho, começando por renovarem com Penny e recusando oferecer a Shaq um valor similar, tudo isto para não desagradar a Penny. Aqui começa um problema e só terminou com a saída de Shaq.

Shaq podia ter agido de forma diferente? Claro que sim. Mas Shaq tinha algo a seu favor…era jovem, jogava a center (e quando necessários era naquele tempo), um marcador de pontos que ainda conseguia impor-se em ressaltos, blk além de ter muita força o que limitava muito o jogo dos adversários dentro do garrafão.

Por outro lado Penny era um PG com 2mt (tal como Magic) era dono de um drible fantástico apesar da estatura além de um bom nível atlético, explosivo (Kobe por exemplo), e bom defensor. Devido a sua estatura podia inclusive jogar tanto a PG como SG.

Como disse podiam ter feito muitas coisas juntos mas o ego de ambos prejudicou os Magic que optaram pelo pior lado. Apoiaram Penny e acabaram limitados devido as suas lesões, não conseguindo nada na especial.

Por tudo isto sempre Shaq será associado aos LAL, mas quem o conheceu nos tempos dos Magic sempre se lembrará dele de equipamento azul as riscas brancas a “partir tabelas”, além de (obviamente) amarelo e roxo.

*Shaq teria sim sucesso nos Magic mas seria internamente sempre o numero dois.

___________________________________________
"When ignorant folks want to advertise their ignorance, you don't really have to do anything. You just let them talk. That's what happened here." Barack Obama
avatar
Groove
Hall Of Fame
Hall Of Fame

Masculino Mensagens : 2642
Data de inscrição : 15/03/2011
Idade : 33
Localização : Perdido atras do cesto

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  RFVZ em Seg 10 Nov 2014 - 19:34

@Groove escreveu:
@DansCB escreveu:Depende sempre dos casos... temos jogadores que ao sairem da sua equipa de origem melhoraram bastante o seu jogo e conquistaram o sucesso que nunca teriam se continuassem em "casa". Um desses jogadores é o Shaq.

Tenho duvidas se Shaq não teria deixado um legado em Orlando. Aliás, para os adeptos arrisco dizer que Shaq era mais importante que “Penny”, no circuito interno (direcção) é que “Penny” tinha mais valor...

Shaq teria deixado legado em Orlando, como eventualmente em qualquer outra franquia que tivesse jogado na plenitude das suas capacidades.
Shaq na sua plenitude era quase imparável. Tinha uma força e capacidade atlética brutal, uma agilidade e controlo corporal invulgar para a sua altura e foi adquirindo fundamentos técnicos (com excepção dos LL) que o tornavam dominador. Aliás o princípio do fim dos Centers começou com Shaq. O seu domínio era tal que a NBA começou a arranjar formas de conter esse domínio (alterando as regras). Não foi em vão que Shaq chegou a dizer "Os Centers como os conhecemos acabarão comigo. A NBA não permitirá mais tal domínio.".

Foi pena para os Magic essa dupla não continuar, já que era apontada na altura como uma reedição da lendária dupla Magic-Kareem. Mas para além do ego e aspirações de Penny, também temos de levar em conta o ego de shaq nesta separação. Orlando era uma cidade elitista, conservadora, um meio relativamente pequeno para a realidade americana e Shaq tinha outros planos para a sua vida pessoal. E o convite dos Lakers veio mesmo a calhar. Nada melhor do que a cosmopolita e liberal LA para ele realizar os seus planos, até na área cinematográfica.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  RFVZ em Ter 3 Fev 2015 - 23:43

Resolvi voltar a este tópico porque li uma opinião que BRANDON JENNINGS publicou no Twitter sobre as mudanças de equipa de LeBron James, em contraste com a estabilidade de outras mega-estrelas.
Agora que recupera de uma grave lesão Jennings tem tempo suficiente para estas opiniões.

Segundo ele:
"LBJ run too much when shit gets tough. Never just stuck it out. Like MJ. Magic. Bird. Kobe."

Eis uma linguagem directa para emitir uma opinião a favor da estabilidade dos jogadores na sua franquia em busca de um objectivo.
avatar
RFVZ
Treinador de Equipa de Topo
Treinador de Equipa de Topo

Masculino Mensagens : 2476
Data de inscrição : 04/08/2014
Localização : Póvoa de Varzim

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deve um jogador deixar a sua franquia?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum